Feminicídio

Homem confessa ter matado e estuprado mulher em São José de Ribamar

Marcos Vinicius Rocha, de 32 anos, violentou sexualmente e matou Aridelma de Fátima Oliveira Bezerra, de 38 anos.
Divulgação / Polícia Civil01/03/2019 às 16h27
Homem confessa ter matado e estuprado mulher em São José de RibamarMarcos Vinicius Rocha após ser preso, encontra-se à disposição da Justiça. (Foto: divulgação)

Atualizado às 18h30

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR - A Polícia Civil, por meio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), prendeu, nesta sexta-feira (1º), um homem, até então, suspeito de estuprar e assassinar uma mulher, identificada como Aridelma de Fátima Oliveira Bezerra, de 38 anos, que teve seu corpo encontrado no início de fevereiro deste ano, em um matagal, na estrada antiga de Juçatuba. No dia em que foi encontrado, o corpo da vítima estava com sinais de violência sexual e despido.

Leia também: Suspeito é preso por crime de extorsão contra mulheres em Imperatriz

Conforme informações da polícia, o suspeito foi identificado como Marcos Vinicius Rocha, de 32 anos. A investigação foi conduzida pelo Departamento de Feminicídio, com amplo apoio do núcleo de inteligência da SHPP que, em menos de 30 dias, identificou e pediu a prisão temporária do suspeito, deferida pela Juíza Conceição Rego, da Central de Inquéritos.

A Delegada Viviane Fontenelle, que preside o Inquérito, pede às mulheres da Vila Janaina e adjacências, onde mora o suspeito, que sofreram algum tipo de abuso e reconheçam Marcos Vinicius como autor, que procurem a Delegacia da Mulher para registrar a ocorrência.

Assassino confesso

Já no fim da tarde desta sexta-feira (1º), a polícia informou que Marcos Vinícios confessou que estuprou e matou Aridelma de Fátima.

Marcos Vinicius Rocha após ser preso, encontra-se à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.