Cidades | Homenagem

Missa campal lembrará vinda de João Paulo II a São Luís

Celebração será realizada em homenagem ao santo padre, que esteve na capital maranhense em outubro de 1991; missa será realizada dia 14, às 19h30
Evandro Júnior / O Estado12/10/2021 às 00h00
Missa campal lembrará vinda de João Paulo II a São LuísMissa Campal será celebrada no Parque João Paulo II, relembrando a passagem do papa, que agora é santo, pela capital maranhense (Paulo Soares / O Estado)

São Luís - O arcebispo de São Luís, dom Gilberto Pastana, celebrará, na próxima quinta-feira (14), às 19h 30, missa especial, no Parque São João Paulo II, em homenagem aos 30 anos da vinda de João Paulo II a São Luís, pelo fato do pontífice ter pregado naquele espaço.

A missa será concelebrada por vários padres da Arquidiocese, na presença, também, de autoridades, diáconos, religiosos e pessoas de diversas comunidades. A organização do evento espera um público em torno de mil pessoas, que deverão comparecer usando máscaras e respeitando os protocolos de distanciamento social, além do uso de álcool em gel.

Segundo o padre Jadson Borba, coordenador da Ação Evangelizadora da Arquidiocese de São Luís, a missa será um momento jubilar, que marcará o compromisso de relembrar um momento marcante, tal seja, a passagem do papa por São Luís. “O papa João Paulo II, hoje santo, fez um discurso profético, em um momento em que o Maranhão enfrentava grandes conflitos agrários. Sua fala foi por justiça social”, disse padre Jadson Borba.

Para a Arquidiocese, celebrar a missa no Parque São João Paulo II é uma grande alegria. “É um lugar sagrado e cativo na memória do nosso povo, hoje um memorial em homenagem a João Paulo II”, frisou.João Paulo II esteve no Maranhão em outubro de 1991. Entrou no papamóvel e se dirigiu para o santuário Santo Antônio ao lado do então arcebispo de São Luís, Dom Paulo Ponte.

Uma multidão seguiu o Papa pelas ruas de São Luís. Ele retribuiu com sorrisos, acenos e abraços. Um menino, Adelino Lima, ganhou um abraço, um beijo e uma medalha de Nossa Senhora das mãos do papa.

João Paulo II celebrou uma missa para seminaristas na Igreja de Santo Antônio e uma missa campal no aterro do Bacanga. Ele falou em defesa da reforma agrária no país.

O Papa João Paulo II morreu em 2005, aos 85 anos e após quase 27 anos de pontificado. O Vaticano o declarou santo em 2014.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte