Combustíveis

Roseana cobra de Flávio Dino a redução de ICMS sobre combustíveis no MA

Ex-governadora lembrou que no Rio Grande do Sul houve redução de alíquota de ICMS de 30% para 25%

Ronaldo Rocha e Gilberto Léda da editoria de Política

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h15
(Combustível)

SÃO LUÍS - A ex-governadora Roseana Sarney, presidente estadual do MDB, utilizou o seu perfil em rede social para cobrar do governador Flávio Dino (PSB) a redução do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis no Maranhão.

Nas últimas semanas houve elevação acentuada no valor da gasolina em todo o país. Para a oposição, e aí se inclui o governador Flávio Dino, trata-se da política de preços adotada pela Petrobras.

Para o Governo Federal, a culpa pelo valor elevado da gasolina nos postos de combustíveis também tem relação com a cobrança de ICMS nos estados.

“O governo do RS reduziu o ICMS da gasolina de 30% para 25%. Por que não fazemos o mesmo no MA? Veja como está a incidência do imposto nos demais estados brasileiros, publicado pelo Valor”, destacou Roseana, ao apresentar um gráfico sobre as alíquotas variadas de ICMS sobre combustíveis nos estados do país.

Flávio Dino não comentou a cobrança.

Saiba Mais

No Maranhão, até o final do mês de agosto, o governo estadual havia arrecadado R$ 5,1 bilhões só com ICMS. Desse total, R$ 1,8 bilhão foram pagos por quem consumiu gasolina.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.