Política | Polêmica

Simplício Araújo diz estar contente com instalação da loja Havan em São Luís

Simplício também se posicionou sobre a polêmica da instalação de uma réplica da estátua da liberdade na capital, e disse que cabe somente à Prefeitura de São Luís autorizar ou não o monumento
Ronaldo Rocha da editoria de Política21/07/2021 às 09h30
Simplício Araújo diz estar contente com instalação da loja Havan em São Luís Arquivo

SÃO LUÍS - O secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia do Maranhão, Simplício Araújo (Solidariedade), publicou um vídeo em seu perfil, em rede social, em que se posicionou sobre a polêmica a respeito da instalação de uma réplica da estátua da liberdade pela loja Havan, que está iniciando a sua atividade comercial em São Luís.

Simplício afirmou que cabe somente à Prefeitura de São Luís decidir pela permissão ou não da instalação da estátua, que ficará situada na Avenida Daniel de La Touche, na Cohama.

O posicionamento do secretário ocorreu após a manifestação contrária do secretário de Estado das Cidades, Márcio Jerry, que atacou o proprietário da rede Havan, Luciano Hang, de "Véi da Havan" e disse que São Luís não aceitaria a réplica da estátua da liberdade na capital.

"Como morador de São Luís, e como maranhense eu não posso deixar de me pronunciar no caso da loja Havan. A estátua, tão questionada, ela é obrigação e diz respeito à Prefeitura de São Luís. Caso a Prefeitura de São Luís conceda a possibilidade da colocação dessa estátua, ela será colocada", disse.

Simplício também afirmou que o Governo do Estado trabalha para que além da Havan, outras lojas sejam instaladas no estado e promovam a geração de emprego e renda para a população.

"E sobre a vinda da loja Havan: eu fico muito contente por que isso é relacionado a toda essa mudança que nós fizemos no ambiente de negócios do Maranhão e principalmente à essa perspectiva econômica que a cidade de São Luís e o estado do Maranhão têm a partir do Governo Flávio Dino. Então, que venha a Havan, que venham outras lojas, que venham os empregos para a cidade de São Luís e para o Maranhão porque é isso que nós precisamos e é para isto que nós temos trabalhado", finalizou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte