Cidades | Efeitos do coronavírus

Caem vendas e cresce violência em bares da periferia da Ilha

Proprietários dos estabelecimentos reclamam da queda das vendas em dois anos de pandemia; domingo, 4, ocorreu duplo homicídio em bar no Coroadinho
Ismael Araújo / O Estado07/07/2021

São Luís - Os proprietários de bares em bairros periféricos da Grande Ilha sofrem com a queda nas vendas e a crescente onda de violência, no período da pandemia de Covid-19. No último dia 4, Raimundo Coelho Cabral, de 51 anos, que era dono de um ponto comercial na área do Coroadinho, foi assassinado a tiros dentro do seu estabelecimento e o suspeito, identificado como Jadson de Jesus Ribeiro Leite, o Jall, de 22 anos, foi linchado, de acordo com a polícia.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte