Pandemia

Maranhão recebe mais de 480 mil vacinas em menos de uma semana

Apenas na semana passada chegaram 278.900 doses e, no último sábado, o estado recebeu mais 205.240; 68 mil doses eram da Janssen, 81.900 da Pfizer e 129 mil da Astrazeneca

Evandro Júnior / O Estado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h16
Doses de vacina que chegaram ao Maranhão foram encaminhadas para municípios, para imunização
Doses de vacina que chegaram ao Maranhão foram encaminhadas para municípios, para imunização (vacina contra a covid)

São Luís - Em menos de uma semana, o Maranhão recebeu, do Ministério da Saúde, 484.140 doses de vacinas contra o novo coronavírus. Na semana passada, o estado havia recebido 278.900 doses e, no último sábado, chegaram mais 205.240. Do total de doses que desembarcaram na semana passada, 68 mil eram da Janssen, 81.900 da Pfizer e 129 mil da Astrazeneca.

No último sábado, 3, foram 82.250 doses de AstraZeneca, 68 mil da Janssen e 54.990 da Pfizer . Na semana passada, o Maranhão recebeu, também, 81.600 seringas. Todo o material foi encaminhado para a Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos do Maranhão, vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (SES), responsável pela distribuição dos imunizantes. Com as doses adicionais, o processo de imunização poderá continuar na região metropolitana de São Luís e nos demais municípios maranhenses.

De acordo com a superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde, Tayara Pereira, o governo trabalha com agilidade e compromisso para que todas as doses sejam, o mais rapidamente, entregues às cidades, que darão continuidade à vacinação contra a doença de forma ágil para reduzir a curva de contágio.

Transporte
A distribuição para os municípios do interior continua sendo realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Segurança, por meio do Centro Tático Aéreo, que usa dois helicópteros e um avião. As vacinas levadas das regionais aos municípios são transportadas em vans refrigeradas.

Com a chegada das novas doses, a capital, São Luís, deverá retomar o processo de imunização dos retardatários na faixa etária dos 30 anos, que aguardam para tomar a primeira dose. As aplicadas mais recentemente tiveram como público-alvo jovens na faixa etária de 34 anos para cima.

Até agora, o Ministério da Saúde já entregou aos estados e DF mais de 135 milhões de doses de vacinas Covid-19. Mais de 100 milhões de doses já foram aplicadas, sendo que 47% da população-alvo já recebeu a primeira dose e quase 17%, a segunda dose ou dose única das vacinas.

SAIBA MAIS

Janssen

Entre os públicos a serem vacinados com a Janssen, que tem dose única, estão pessoas em situação de rua, caminhoneiros e pessoas de 59 a 55 anos. A imunização pode acontecer, também, de acordo com o andamento da vacinação nos municípios.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.