Cidades | Vulnerabilidade

Vacinação de venezuelanos é realizada na capital e interior

Em São Luís, 16 adultos com mais de 18 anos já foram imunizados; de acordo com o Governo Estadual, a imunização dos imigrantes também vai ocorrer nos municípios de Açailândia, Imperatriz, São José de Ribamar e Pinheiro
Bárbara Lauria / O Estado25/06/2021 às 00h00

São Luís - O Maranhão iniciou, nesta semana, a imunização contra Covid-19 de imigrantes venezuelanos, da etnia Warao, que vivem em situação de vulnerabilidade no estado. A vacinação se iniciou em São Luís, na segunda-feira, 21, por meio da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e da Força Estadual de Saúde do Maranhão (Fesma), com auxílio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social de São Luís (Semcas), e será estendida aos municípios do interior em que há grande concentração desses estrangeiros.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte