Política | CPI

CPI dos Combustíveis volta a adiar oitiva

Empresária Rafaely Carvalho, proprietária do posto Joyce VII, pode ter como sócio oculto o agiota Josival Cavalcante
Gilberto Léda08/06/2021 às 08h50
CPI dos Combustíveis volta a adiar oitivaTrabalhos na CPI dos Combustíveis dificultados pela pandemia (Agência Assembleia)

O presidente da CPI dos Combustíveis, deputados Duarte Júnior (Republicanos), voltou a adiar a oitava da empresária Rafaely Carvalho. Ela é proprietária do posto Joyce VII, que teria como sócio oculto o agiota Josival Cavalcante, e deveria ser ouvida na tarde de ontem, 7.

Rafaely participará na condição de testemunha, e já deveria ter sido ouvida há duas semanas, mas não foi encontrada.

O novo adiamento decorre da manutenção de medidas restritivas pelo comando da Assembleia Legislativa, por mais uma semana, como parte de um esforço conjunto com outros poderes para conter o avanço da nova onda da pandemia da Covid-19 nas próximas semanas no Maranhão.

A empresária é aguardada para prestar esclarecimentos no próximo dia 7 de junho sobre processos de compra e venda de combustíveis pelo posto em seu nome.

Segundo documentos de posse da CPI, apesar de haver comprado pouco combustível, o posto efetuou venda de grandes quantidades em janeiro, período pesquisado.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte