Ação federal

Receita deflagra operação para combater contrabando e crime de descaminho

Durante o cerco foram apreendidos aparelhos eletrônicos, perfumes importados, cigarros, remédios e entorpecente

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h16
(operação / PF)

A Receita Federal, com o apoio da Polícia Federal, realizou uma operação entre os dias 24 a 27 de maio com o objetivo de evitar o contrabando e o descaminho, no Centro de Distribuição dos Correios e no Aeroporto Marechal Cunha Machado, no Tirirical.

Segundo a Receita Federal, essa ação faz parte do trabalho constante de fiscalização realizado pelo órgão federal. No decorrer da operação, foram apreendidos diversos smartphones, vinhos portugueses e espanhóis, dezenas de anabolizantes, dezenas de perfumes importados, cigarros, aparelhos eletrônicos e centenas de antigripais de origem chinesas.

Todo esse material não possui documentação e sem recolhimento de impostos. Também foram apreendidos entorpecentes. Somente em uma embalagem oriunda do Campo Grande, no Mato Grosso, havia dois quilos de cocaína.

Finita Servus

A Polícia Federal deflagrou mais uma etapa da operação Finita Servus, na cidade de Centro Novo do Maranhão, no último dia 27, e tem como objetivo combater o tráfico de pessoas e a redução a condição análoga de escravo. Durante o cerco, os policiais conseguiram cumprir um mandado de prisão e um de busca e apreensão.

Na primeira fase da operação, que ocorreu no mês passado, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal. Dois mandados, em Santa Inês; um, no município de Centro Novo do Maranhão; e dois, em São Joaquim, no estado de Santa Catarina.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.