Geral | Vacinação na pandemia

Covid: Maranhão é o que menos aplicou 1ª e 2ª doses de vacinas no Nordeste

No ranking nacional da imunização, estado ocupa apenas a 20ª posição; 11,3% tomaram a primeira e só 4,4% receberam a segunda dose
Daniel Matos / Coordenador de Reportagem28/04/2021
Dados são de plataformas que compilam informações de todo o país

São Luís - O Maranhão é o estado do Nordeste com menor percentual de aplicação da primeira e da segunda doses da vacina contra a Covid-19. No ranking nacional, a unidade da federação ocupa a 20ª colocação. Os dados são das plataformas coronavirusbra1 e covid19br, que compilam informações das secretarias estaduais de Saúde.

De acordo com o levantamento, no Maranhão, 11,3% da população tomaram a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus e só 4,4% receberam a segunda dose. É o pior desempenho dentre os nove estados nordestinos. A título de comparação, o vizinho Piauí, que aparece logo à frente do Maranhão em percentual de cobertura, tem taxa de 11,8% da população vacinados com a primeira dose e de 5% com a imunização já devidamente concluída.

Ranking da aplicação de doses no Brasil

Na situação oposta, ou seja, com maior percentual de imunizados com a primeira e a segunda doses na região, está a Paraíba, com 15,4% e 6,4%, respectivamente. Na sequência vem a Bahia, com 15% e 6%. Completa a lista dos três primeiros colocados em proporção de pessoas vacinadas no Nordeste o Ceará, com 13,8% da população já contemplados com a primeira dose e 6,4% com a segunda.

Levando em conta o ranking em todo o Brasil, o Maranhão ocupa a 20ª posição, e tem média de cobertura abaixo da nacional tanto na aplicação da primeira dose, quanto da segunda. Em condição pior estão apenas dois estados da região Centro-Oeste (Goiás e Mato Grosso) e cinco da região Norte (Rondônia, Tocantins, Acre, Amapá e Roraima). O desempenho local é pior do que o de todos os estados das outras regiões - Nordeste, Sudeste e Sul.

Panorama nacional

O Brasil havia aplicado a primeira dose de vacinas contra a Covid-19 em 29.596.116 pessoas até as 22h30 de segunda-feira, 26. Dessas, 13.180.528 receberam a segunda dose. Ao todo, 42.776.644 doses foram administradas no país.

O número de vacinados com ao menos uma dose representa 14% da população, segundo a projeção para 2021 de habitantes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os que receberam as duas doses são 6,2%.

Dos que tomaram a 1ª dose, 44,5% já receberam também a 2ª e estão imunizados. As vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil são a CoronaVac e a Oxford-AstraZeneca. Ambas requerem duas doses para uma imunização eficaz.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte