Cidades | Pedido

Bancários recebem apoio da Famem para obter prioridade na vacinação da Covid

Erlânio Xavier, presidente da federação dos municípios, acatou pedido do Sindicato dos Bancários e assegurou que vai solicitar inclusão de categoria à SES
Ronaldo Rocha da editoria de Política25/04/2021 às 14h35
Bancários recebem apoio da Famem para obter prioridade na vacinação da CovidBiné Morais / O ESTADO

SÃO LUÍS - O Sindicato dos Bancários do Maranhão recebeu apoio da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) pela inclusão da categoria profissional no grupo prioritário para a imunização contra a Covid-19.

Na última sexta-feira, o presidente da Famem, Erlânio Xavier, prefeito do município de Igarapé Grande, recebeu representantes do Sindicato dos Bancários e manifestou solidariedade e apoio à categoria.

A entidade que defende os interesses dos bancários havia ameaçado entrar em greve na semana passada, por causa do risco de contaminações nas agências financeiras do estado alegada pelo sindicato.

O diretor executivo do sindicato, Edivaldo Ferreira, afirmou durante a reunião com a Famem que a categoria presta um serviço essencial à população, por isso a necessidade de imunização.

“Eu sei que é um momento no qual muitas categorias querem ser incluídas como prioridade. Mas é preciso entender que nós estamos atendendo diretamente a população, atendendo idosos, que são um grupo de risco. O quantitativo de profissionais não é tão significativo e o benefício para a sociedade é imenso”, afirmou.

Erlânio Xavier afirmou que vai tratar do tema com o Governo do Estado, para a inclusão da categoria no Plano Estadual de Vacinação contra Covid-19.

“Vou conversar com o governador e tentar sensibilizar para o plano estadual. Ele está sempre sensível a todas as causas dos maranhenses. Agora mesmo começamos a vacinar os professores. Os bancários todos os dias atendendo com presteza os maranhense que agora vão receber o auxílio emergencial e irá virar um caos. Se tivermos greve bancária, todos irão sofrer mais ainda”, disse.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte