Geral | Perda

Prefeitura de Caxias decreta luto oficial por sete dias pela morte de secretário municipal

Talmir Franklin Rosa Neto, que era irmão do prefeito Fábio Gentil e comandava a pasta de Finanças, Planejamento e Administração, não resistiu às complicações da Covid-19 durante período de internação
Daniel Matos24/04/2021 às 16h33
Prefeitura de Caxias decreta luto oficial por sete dias pela morte de secretário municipalPrefeito Fábio Gentil com o agora saudoso irmão Talmir Rosa (Divulgação)

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, expediu decreto neste sábado (23) por meio do qual decretou luto oficial pelo período de sete dias em razão da morte do secretário municipal de Finanças, Planejamento e Administração, Talmir Franklin Rosa Neto. Irmão mais velho de Fábio Gentil, Talmir passou cerca de um mês internado em um hospital de Teresina, capital do Piauí, com sintomas graves da Covid-19, e na noite dessa sexta-feira (23) não resistiu às complicações causadas pela doença. Em 15 de junho do ano passado, o prefeito caxiense já havia perdido o pai, o deputado estadual Zé Gentil, 80 anos, também para o novo coronavírus.

No decreto assinado pelo prefeito contém a seguinte mensagem de pesar pela perda do secretário, que era bacharel em Administração de Empresas: "o prefeito municipal de Caxias (...) considerando a partida do secretário municipal de Finanças, Planejamento e Administração Talmir Franklin Rosa Neto, pelos seus inestimáveis trabalhos prestados aos caxienses no decorrer da sua vida como cidadão e servidor público. Considerando o sentimento de profunda desolação que se abate sobre cada uma das famílias enlutadas, tristeza compartilhada por todo o povo caxiense decreta luto oficial pelo período de 7 dias, em razão do seu falecimento".

Talmir Franklin Rosa Neto, 54 anos, estava internado desde o mês passado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Teresina, capital do Piauí, com sintomas graves da Covid-19. Nas últimas semanas, precisou ser intubado devido ao agravamento do seu quadro clínico.

Corrente de fé

Desde que o irmão foi hospitalizado, Fábio Gentil passou a pedir publicamente, em seus perfis nas redes sociais, orações pelo restabelecimento da sua saúde. Os apelos do prefeito foram atendidos e formou-se uma corrente de fé pela cura de Talmir, que lamentavelmente não veio.

O secretário chegou a apresentar melhora, mas ontem, pouco depois das 22h, não resistiu às graves sequelas provocadas pelo novo coronavírus em seu sistema imunológico.

Além de bacharel em Administração de Empresas e secretário municipal de Finanças, Planejamento e Administração, Talmir Rosa foi diretor-geral da Policlínica e Maternidade Gentil Filho, em Caxias. A unidade de saúde leva o nome de outro irmão de Fábio Gentil, morto tragicamente, no final da década de 80, ainda no inicio da juventude.

O corpo do secretário foi sepultado no final da manhã deste sábado após um breve cortejo por ruas de Caxias.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte