Esporte | Estadual 2021

Bacabal bate o Juventude e ganha sobrevida na luta contra degola

Leão, que precisa vencer para evitar queda antecipada, conseguiu triunfo fora de casa e agora vai para o tudo ou nada na rodada final
06/04/2021 às 17h48
Bacabal bate o Juventude e ganha sobrevida na luta contra degola Juventude Samas e Bacabal duelaram no estádio Pinheirão (Twitter oficial do Juventude Samas)

SÃO LUÍS – Mesmo “respirando por aparelhos”, o Bacabal venceu o Juventude Samas, por 2 x 1, pela 5ª rodada do Campeonato Maranhense, e segue sonhando com permanência na elite do futebol maranhense. A partida foi disputada, na tarde desta terça-feira, 6, no estádio Pinheirão, na cidade de São Mateus. Mota e Pedro fizeram para o Leão, e Cleyton descontou para o Peixe Poraquê.

Pela sobrevivência

Com a vitória sobre o Juventude, o Bacabal soma seis pontos, segue na 7ª colocação, neste momento estaria rebaixado, mas vai para a rodada final do Estadual para enfrentar o já rebaixado Imperatriz, esse jogo não tem data marcada, e precisa vencer e torcer por tropeço de concorrentes.

Já o Juventude ficou na quarta colocação, com oito pontos, mas perdeu a chance de alcançar a vice-liderança. Na última rodada, sem data marcada, o Juventude duela com o São José.

Tudo igual

Muito ameaçado, o Bacabal iniciou a partida indo para cima do time da casa, quase marca com Mota, com um minuto de jogo. João Paulo fez a defesa, deixou escapar, mas arbitragem entendeu que a bola não entrou. E assim, o BEC seguiu no ataque, mas sem conseguir marcar.

Aos 12 minutos, enfim, o Juventude criou sua primeira chance. Dedé recebeu na direita, avançou e cruzou na área, para Cleyton cabecear, e a bola saiu rente a trave de Vanilton. Porém, melhor no jogo, foi o visitante que abriu o placar. Ao 23, após cobrança de escanteio, Pedro sobiu sem marcação para cabecear forte. João Paulo ainda defendeu, mas Pedro pegou o rebote e fez: 1 x 0 para o BEC no Pinheirão.

O juventude respondeu e, aos 30, Thiago Chulapa escorou um cruzamento em quase empata. E, mesmo com o Bacabal bem na partida, Cleyton deixou tudo igual. Depois de uma confusão na área, ele pegou a sobra e fez: 1 x 1.

Mota, para o Babacal, e Chulapa, pelo Peixe Poraquê, ainda criaram chances, mas a primeira etapa terminou tudo igual na cidade de São Mateus.

BEC faz e "respira"

Na segunda etapa o Bacabal até tentou começar se impondo, mas o Juventude, mais concentrado, passou a dar as cartas. Escorando mais uma vez cruzamento de Dedé, Thiago Chulapa quase marca aos sete minutos. Aos 11 Chulapa fez outra boa jogada, limpando a defesa, e entrou sozinho na cara do gol, mas Vanilton salvou.

Aos 15 Dedé cabeceou para fora e Juventude seguia com total domínio. Somente aos 19 o BEC chegou mais perto do gol, com Jeferson Silva, que errou o alvo.

E depois da parada técnica para a hidratação, o Bacabal voltou e, de forma surpreendente, e fez o seu segundo gol. Depois de uma jogada individual de Jefferson Alves, Hilquias ficou com a sobra, tabelou com Mota, que ajeitou e chutou para vencer o goleiro João Paulo.

Daí em diante, mesmo na frente do placar, o Leão foi melhor até o fim e arrancou uma vitória muito importante na sua saga contra o rebaixamento.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte