Cidades | Não há prazo na capital

Sem previsão de doses, vacinação segue com profissionais de saúde e acamados

Até este sábado (20), cerca de 800 pessoas ainda não haviam ido até o Centro Municipal de Vacinação (CMV) para receber as doses complementares
Thiago Bastos / O Estado 21/02/2021 às 14h06
Sem previsão de doses, vacinação segue com profissionais de saúde e acamadosProfissionais de saúde estão entre os beneficiados (Divulgação Prefeitura)

A capital maranhense que, na sexta-feira (19), informou que contava com a chegada de novas doses de vacina contra a Covid-19 a partir desta semana informou a O Estado neste domingo (21) que não há qualquer perspectiva de chegada de novos imunizantes. Enquanto isso, de acordo com a pasta municipal da saúde, a vacinação seguirá com pessoas acamadas e profissionais de saúde em segunda dose.

Até este sábado (20), cerca de 800 pessoas ainda não haviam ido até o Centro Municipal de Vacinação (CMV) para receber as doses. Em entrevista à TV Mirante, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos) fez um apelo para que os profissionais de saúde contemplados com a dose complementar se dirijam ao local de vacinação. “É fundamental que as pessoas que estão na chamada linha de frente estejam protegidas”, afirmou.

Dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) obtidos com exclusividade por O Estado apontam que apenas 0,2% dos vacinados no Maranhão relataram algum ou alguns sintomas pós-vacina, como febre, diarreia, náusea e outros.

Até o momento, a capital recebeu cerca de 52 mil doses de vacina, sendo a maior parte oriunda do Instituto Butantan.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte