Esporte | Três pontos preciosos

Moto é eficiente, vence Imperatriz e larga bem no Estadual

Mostrado eficiência nas chances criadas, rubro-negro derrotou remodelado "Cavalo de Aço" e somou pontos importantes para a caminhada no Maranhense
Thiago Bastos / O Estado 21/02/2021 às 20h38

O Moto Club mostrou mais eficiência do que organização de jogo, durante os 90 minutos, mas venceu a remodelada equipe do Imperatriz no início da noite de domingo (21) por 2 a 0 no Estádio Nhozinho Santos pela primeira rodada do Campeonato Maranhense. Com o resultado, o Moto soma três pontos fundamentais para a briga em termos de classificação para a próxima fase. O próximo jogo do Papão é contra o Juventude, na próxima quarta-feira (24) em São Luís.

Já o Imperatriz recebe no Frei Epifânio na quinta-feira (25) o Iape.

O jogo

O Moto começou melhor a partida criando chances, em especial pelo lado esquerdo, utilizando-se do corredor montado por Marcinho Guerreiro. Vinicius Paiva, escalado na posição, deu várias opções de cruzamento.

Os chutes de fora da área e os lançamentos longos eram a principal arma do time mandante, que ainda sofria com certo desentrosamento. Cleitinho começou a partida com dificuldades.

Aos poucos, o Imperatriz foi se soltando na partida, com as boas jornadas do lateral-direito João Victor e de "Cebolinha", muito acionado. O "Cavalo de Aço" criou boa chance do primeiro tempo. Aos 28 minutos, João Vitor chutou e exigiu ótima defesa do goleiro motense Joanderson.

No entanto, o Moto foi mais certeiro e o "lateral-meia" Raí cobrou falta com maestria aos 43 minutos do primeiro tempo, inaugurando o placar.

Na etapa complementar, as duas equipes voltaram com as mesmas formações. Enquanto o Moto tentava os lançamentos longos, o Imperatriz com mais posse de bola dominava as ações. As chegadas de Valker e principalmente a armação de Ilaíson fizeram o visitante crescer.

O time do Imperatriz criou oportunidades e não fez. Jairo Nascimento, técnico do Cavalo, mexeu apenas após os 30 minutos do segundo tempo, o que fez com que o Moto voltasse a crescer na partida.

As entradas de Lenilson (no lugar de Cleitinho), de Matheuzinho (no lugar de Raí) e de Andrezinho (na vaga de Luiz Guilherme) não surtiram efeito. No entanto, a presença de "Gerinha" no lugar de Erveson foi cirúrgica.

Foi de "Gerinha" o gol que deu os números finais da partida. Após o jogo, "Gerinha" se emocionou. Ele, que veio de lesão, agradeceu pela oportunidade à diretoria. "Quero agradecer aos companheiros e a diretoria que confiaram no meu trabalho", disse.

Jogadores comemoram o segundo gol do jogo (Crédito: Bárbara Lauria)

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte