Polícia | Agressão

5.970 casos de violência doméstica registrados no ano de 2020

Registros são da Casa da Mulher Brasileira; só na noite do último dia 11 foram presas duas pessoas acusadas de agressão física a mulheres
13/01/2021 às 00h00
5.970 casos de violência doméstica registrados no ano de 20205.970 casos de violência doméstica foram registrados e investigados na Casa da Mulher Brasileira (Divulgação)

São Luís - Agressões contra a mulher continuam em alta. Somente no ano passado foram registrados 5.970 casos de violência doméstica, na Casa da Mulher Brasileira, localizada no Jaracati, uma média de 44 casos por mês. O ano passado teve ainda 518 suspeitos de cometerem esse tipo de crime, presos; foram solicitados ao Poder Judiciário 4.071 medidas protetivas de urgência, e foram registrados 999 casos de lesão corporal e 72 ocorrências de estupro.

Na noite do último dia 11, a polícia efetuou a prisão de duas pessoas suspeitas de agressão física a mulheres na capital maranhense. A coordenadora das Delegacias da Mulher no Maranhão, delegada Kazume Tanaka, informou que um homem, de 25 anos, foi preso em flagrante, após agredir fisicamente a companheira, de 19 anos, e uma criança, de 3 anos.

Ainda segundo a delegada, eles mantinham uma relação matrimonial há três meses e o casal residia em uma casa, localizada no bairro da Cohab-Anil III, e a criança é filha somente da vítima. No último dia 11, o acusado teria dito que estava sendo traído pela esposa e passou a agredi-la.

A vítima levou vários socos e puxões de cabelo. A agressão física foi presenciada pela criança que também foi empurrada e jogada no chão. A vítima conseguiu fugir com a criança e acionou a polícia. Os militares foram até o local e conseguiram prender em flagrante o suspeito, que foi apresentado na casa da Mulher Brasileira. Em poder dele, foram apreendidos uma espingarda e entorpecentes.

A delegada disse que a outra ocorrência foi no bairro São Francisco. Um homem, de 34 anos, empurrou e desferiu socos na companheira, de 34 anos. A agressão teria começado por ela não querer ficar perto do agressor. Uma determinada pessoa, não identificada, que evitou a vítima ser mais agredida, acionou a Polícia Militar.

SAIBA MAIS

Casos registrados de violência contra a mulher na Casa da Mulher Brasileira em 2020

Lesão corporal: 999 casos
Importunação sexual: 55 casos
Descumprimento de medidas protetivas de urgência: 201 casos
Estupro: 72 casos
Ocorrências de violência doméstica: 5.979 casos
Solicitação de medidas protetivas de urgência: 4.071 pedidos
Prisões: 518 casos

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte