Geral | Covid-19

Ministério consegue oferta de 2,4% das seringas necessárias para vacinação

No primeiro pregão realizado pelo governo, empresas garantiram entrega de apenas 7,9 milhões das 331 milhões de seringas que governo tentou comprar
Com informações do G1 30/12/2020 às 10h25
Ministério consegue oferta de 2,4% das seringas necessárias para vacinaçãoEmpresas ofertaram apenas 7,9 milhões de seringas enquanto previsão do governo era de 331 milhões (Reprodução)

São Paulo – Empresas que participaram de um pregão do Ministério da Saúde garantiram o fornecimento de apenas 2,4% do total de seringas e agulhas que o governo tentou comprar para serem usadas na vacinação contra a Covid-19.

A informação foi divulgada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e confirmada pela TV Globo. O pregão, realizado na terça (29), previa a compra de um total de 331 milhões de seringas, mas as empresas que participaram ofertaram 7,9 milhões.

Empresas que participaram do pregão eletrônico reclamaram que o edital encomendava seringas e agulhas como um só produto, e que os preços estavam abaixo dos praticados.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte