Cidades | Melhorias

Prefeitura de São Luís implanta novos abrigos em paradas de ônibus

Primeiras áreas contempladas pelos novos abrigos compreendem os bairros Bequimão, Rio Anil, avenidas Jerônimo de Albuquerque, Daniel de La Touche e Holandeses
21/11/2020 às 17h30
Prefeitura de São Luís implanta novos abrigos em paradas de ônibusNovos abrigos estão sendo instalados na cidade (Divulgação)

SÃO LUÍS - A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), continua executando os trabalhos de implantação de novos abrigos em paradas de ônibus coletivo. O trabalho está sendo realizado em diversos bairros e corredores viários da capital. A ação, além de contemplar pontos onde não existia abrigo, também tem contemplado aqueles cuja estrutura está danificada.

Trabalho é parte das melhorias no Sistema de Transporte Urbano da capital que contabiliza vários avanços, a exemplo da renovação de 90% da frota, diminuição da idade da frota de mais de 11 anos para menos de 4,5 anos e cerca de 50% dos ônibus com ar.

Para o titular da SMTT, Israel Pethros, "a implantação dos abrigos nas paradas de ônibus, além de proporcionar o conforto na espera do transporte coletivo, evita a lotação nos terminais, visto que os abrigos passaram a ser ponto de integração temporal para os usuários do Bilhete Único, benefício implantado na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior à população através da licitação do sistema de transporte público".

A implantação de novos abrigos em 2020 já contemplou vários corredores principais de trânsito da cidade, bem como vias internas de bairros.

As primeiras áreas contempladas pelos novos abrigos compreendem os bairros Bequimão, Rio Anil, avenidas Jerônimo de Albuquerque, Daniel de La Touche e Holandeses; os abrigos mais recentes foram implantados nos bairros Vila Maranhão (Zona Rural), Cohama, Avenida João Pessoa, Cohafuma, Calhau e Ponta D'Areia.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte