Cidades | Na linha de frente

Dia do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional é comemorado no Maranhão

Celebrado nesta terça-feira (13), data reforça o papel da categoria na promoção de saúde e bem-estar, com grande atuação durante a pandemia de Covid-19
13/10/2020 às 15h28
Dia do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional é comemorado no MaranhãoAtuação dos profissionais foi essencial nos momentos mais críticos da pandemia da Covid-19 e continua sendo indispensável no combate à doença (Divulgação)

São Luís - A promoção da saúde e da qualidade de vida é realizada por profissionais com diferentes habilidades e competências, que se dedicam a um compromisso comum: proporcionar sempre o melhor atendimento. Neste contexto estão os fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, que, nesta terça-feira (13), comemoram o dia dedicado a eles. Em um contexto completamente único, a importância destes profissionais vem sendo ainda mais evidenciada no combate à pandemia da Covid-19, onde atuam direta e indiretamente para garantir o bem estar da população.

Há 23 anos a terapeuta ocupacional, Ângela Cecim, se dedica ao cuidado de pacientes com histórias e experiências de vida diversas. Neste ano, no entanto, os relatos foram direcionados ao mesmo tema, pandemia da Covid-19 e suas consequências, o que despertou na profissional a necessidade de se reinventar. “Reorganizar a rotina dos pacientes com tantas limitações ambientais, físicas e sociais foi desafiador e tivemos que ser criativos para selecionar atividades que fossem significativas para suprir tantas ausências”, contou.

Para ela, um dos maiores desafios tem sido conciliar as necessidades e demandas de cada paciente e manter a própria emoção sob controle, uma vez que a pandemia não atinge, unicamente, àqueles que são infectados pelos vírus. Toda a população está, de uma forma ou de outra, fragilizada em meio a esta situação, inclusive os profissionais da área da saúde que lidam diariamente com demandas relacionadas à Covid-19 e também requerem cuidados.

“Neste período, além de todas as demandas que já faziam parte da nossa rotina, precisamos produzir materiais informativos com técnicas de relaxação e respiração para os funcionários do hospital, que também precisavam gerenciar suas emoções da melhor forma possível ou adaptável. Foi um momento para, realmente, honrar o juramento feito no dia da graduação”, declarou a terapeuta ocupacional.

O sentimento é compartilhado com a colega de trabalho, a fisioterapeuta Louise Gondim, que, assim como outros profissionais da saúde e a população de forma geral, precisou se adaptar à nova rotina e conhecer bem o inimigo contra quem estava travando uma batalha. “No começo da pandemia nos deparamos com informações diversas, sem de fato, saber o caminho certo, mas o que realmente queríamos era nos doar, contribuir, ajudar na recuperação desses pacientes juntamente às equipes multiprofissionais que se abraçaram num único objetivo, que era salvar vidas”, contou.

Apesar dos pesares, neste 13 de outubro, Dia do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional, a comemoração será especial e bem diferente dos outros anos. Um momento para celebrar e agradecer às vitórias alcançadas e o esforço empenhado em honrar a profissão escolhida, como frisou o fisioterapeuta Fernando Muniz, presidente do Conselho de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Maranhão ao parabenizar a categoria pela data.

“Entendemos nosso papel na prestação de saúde e bem-estar da sociedade e devemos ter sempre orgulho do que fazemos. Buscamos a recuperação funcional e transformação da vida de cada paciente e esse esforço foi atenuado neste momento que vivemos. Hoje, mais que nunca, todos os profissionais da saúde, em especial fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, estão de parabéns pela forma como vêm lidando com esta situação e tornando-se cada vez melhores naquilo que fazem”, expressou o representante.

A data
O dia 13 de outubro é a data de criação das profissões de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional e já era, tradicionalmente, comemorado pela categoria até que, em 2015, por meio da Lei nº 13.084/2015, ficou estabelecido o Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional, a ser celebrado, anualmente em todo o território brasileiro.

A nova Lei surgiu com a aprovação do PL 5564/09, da deputada cearense Gorete Pereira. A parlamentar, formada em Fisioterapia e trazia, entre suas propostas, projetos diretamente relacionados às profissões.

A criação da Lei chegou como mais uma conquista aos fisioterapeutas e aos terapeutas ocupacionais, reforçando o crescimento e o reconhecimento das profissões perante a sociedade.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte