Cidades | Setembro amarelo

Campanha Rede do Bem é aberta com plantação de ipê no Parque do Bom Menino

Ação visa despertar na sociedade a importância da natureza na prevenção de doenças psíquicas
01/09/2020 às 15h16
Campanha Rede do Bem é aberta com plantação de ipê no Parque do Bom MeninoAbertura da campanha teve plantação de Ipê (Divulgação)

São Luís - O Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos do Ministério Público realizou, na manhã desta terça-feira, 1º, no Parque Bom Menino, a abertura da Campanha Rede do Bem. A campanha é realizada em parceria com o Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio, tendo em vista a discussão sobre o Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção do suicídio e a valorização da vida.

Durante o evento, foi realizado o plantio de mudas de ipês. A ação visa despertar na sociedade a importância da natureza na prevenção de doenças psíquicas. Na programação da Campanha Rede do Bem também está sendo realizado o Concurso de Fotografia voltado para estudantes da rede pública, cujo resultado será divulgado no próximo dia 10, às 20h, durante live solidária com o cantor Marquinhos Leite.

“Teremos uma live com o objetivo de ajudar várias instituições filantrópicas. É necessária a participação de todos, assim como a realização de doações, visando o apoio a essas entidades”, destaca a promotora de justiça Cristiane Lago, coordenadora do CAOP/DH.

A abertura da campanha também contou com a presença da primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, e de parceiros do projeto. O projeto visa, ainda, a realização de cursos sobre doenças emocionais voltado para professores e profissionais de saúde da rede pública.

A psicóloga Celiane Oliveira, que esteve presente na abertura da campanha, falou sobre a importância da iniciativa no período de pandemia e destacou o caráter preventivo ao suicídio. “A pandemia ocasionou vários reflexos na saúde mental da população. Projetos como a Rede do Bem auxiliam na discussão sobre os transtornos mentais, que estão tendo um crescimento nos últimos meses.

Celiane Oliveira ressaltou também a necessidade da informação como forma de ajudar na discussão sobre o assunto. “Durante o mês de setembro, serão realizados vários eventos com o objetivo de levar a informação a todos. Para resolver um problema, é necessário antes conhecê-lo. O principal propósito é esse: acolher e informar”.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte