Polícia | Violência

Três adolescentes foram assassinados em menos de 4 dias no Maranhão

Uma das vítimas, uma menina de 16 anos, foi executada com vários tiros em sua residência, nas proximidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas
Ismael Araújo / O Estado 29/07/2020

SÃO LUÍS - Três adolescentes, de 16 anos, foram mortos em menos de quatro dias no estado. Segundo a polícia, uma das vítimas, identificada como Girlene Batista Frazão, foi assassinada a tiros no começo da noite de segunda-feira, 27, dentro de sua residência, localizada na Vila Progresso, nas proximidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
A polícia tinha recebido a informação de que a menor de idade tinha sido vítima de um tiro acidental, mas, após a perícia feita pelos peritos do Instituto de Criminalística (Icrim), constatou que ela foi executada. Haviam marcas de tiro de pistola ponto 40 na boca, nuca e na face da adolescente.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte