Cidades | Educação

Sinproesemma concorda com retorno de aulas, mas com normas sanitárias

Por determinação do Governo do Estado, aulas presenciais da rede pública estão suspensas no Maranhão desde março, mas estão previstas para retornarem na primeira quinzena de agosto
Ismael Araújo / O Estado22/07/2020

São Luís - A direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Maranhão (Sinproesemma) informou ontem que não é contra ao retorno das aulas se o Estado afirma que tem as reais condições para a volta das atividades nas escolas, pela necessidade de concluir o calendário escolar. Mas, espera que o Estado garanta o que está estabelecido nos protocolos das autoridades de saúde. No último dia 20, o governo divulgou que as aulas presenciais reiniciarão no próximo dia 10, nas escolas da rede pública estadual. Elas foram suspensas no mês de março deste ano, para evitar a proliferação do novo coronavírus.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte