Cidades | Situação de vulnerabilidade

Quinta ação de resgate durante a pandemia é realizada e testa mais de 100 pessoas para Covid

Também foram feitos testes de HIV, hepatite e sífilis; a ação foi realizada no bairro do João Paulo e duas pessoas foram internadas
17/07/2020 às 11h12
Quinta ação de resgate durante a pandemia é realizada e testa mais de 100 pessoas para CovidDivulgação

São Luís – Mais de duzentas pessoas foram atendidas durante a Ação Resgate, que ocorreu durante a manhã desta sexta-feira (17), na Feira do João Paulo. Esta é a quinta ação da pandemia e sendo a nona do ano de 2020 promovida pelo CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas) e a Delegacia de Costumes.

Além dos testes para doenças sexualmente transmissíveis, como HIV, hepatite e sífilis, a ação também realizou exames da Covid-19 para pessoas em vulnerabilidade. De acordo com o diretor da CAPS AD do Monte Castelo, Marcelo Costa, mais de cem pessoas foram testadas para covid-19 e todas deram negativo. Já em relação as DST’s, apenas dois casos de sífilis deram reagente e já foram encaminhados para tratamento.

Vacinação

Além dos exames, a ação também de disponibilizou a vacinação contra a gripe tanto para a população quanto para pessoas em situação de rua. Segundo Marcelo Costa, mais de 50 pessoas foram vacinadas durante a ação.

Resgate

O diretor também informou que duas pessoas foram internadas no centro de tratamento para dependentes químicos na unidade do CAPS estadual. As internações são realizadas apenas para as para àqueles que querem passar pelo tratamento. A ação acontece para todos àqueles que vivem em situação de rua e vulnerabilidade.

O delegado Joviano Furtado disse que antes essa localidade era considerada como uma"Cracolândia" onde havia mais de 100 usuários de droga e, após a realização desse trabalho, diminuiu bastante a presença desses dependentes nessa área. "Ainda no decorrer deste ano, iremos realizar mais ações, mas, em outros pontos da cidade", afirmou Joviano Furtado.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte