Geral | Política

Após contestação, ministro da educação muda currículo outra vez

Sobre a acusação no mestrado, Decotelli admitiu uma "distração"
Estadão Conteúdo 30/06/2020 às 10h47
Após contestação, ministro da educação muda currículo outra vezReprodução/ Arquivo Pessoal

São Paulo - Ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, deixou de afirmar na segunda-feira, 29, no currículo que fez pós-doutorado na Universidade de Wuppertal (Alemanha). A instituição informou à reportagem que ele teve estadia de pesquisa de três meses, mas não tem um título. O ministro dizia ser pós-doutor pela universidade. Ser pós-doutor não é considerado título, mas exige conclusão de doutorado. Um programa do tipo, voltado para pesquisa, costuma durar ao menos 6 meses. A universidade não informou se a pesquisa de Decotelli era vinculada a um programa de pós-doutorado.

Ele disse ontem ter finalizado a pesquisa. "Na hora em que foi concluído o trabalho, tinha de ser registrado num cartório acadêmico. E no cartório tem lá a pesquisa completa registrada." Sobre a acusação no mestrado, admitiu uma "distração". "Você lê muito, tem de obrigatoriamente ter disciplina mental para escrever, revisar e o que citar tem de mencionar." Mas disse que plágio só ocorre quando há "CtrlC+CtrlV". "Não foi isso." Quanto ao doutorado na Argentina, desmentido pela universidade, reiterou ter concluído os créditos, mas não teve condição de voltar ao país para apresentar a tese após adequação sugerida pela banca.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte