Geral | Estudo

Reabertura do comércio não reacelerou contágio pela Covid-19 na Ilha

Para o grupo que está realizando o monitoramento, a adesão da máscara de proteção pela população seria uma das explicações para a queda do número de casos na Grande Ilha
Nelson Melo / O Estado19/06/2020

SÃO LUÍS - O crescimento de casos confirmados da Covid-19 é uma das preocupações da população e das autoridades públicas, uma vez que essa realidade seria um demonstrativo de que o fim da pandemia estaria longe de acontecer. A reabertura do comércio estaria entre a cruz e a espada, pois muitas pessoas são a favor e outras são contra a medida. Um estudo feito por um grupo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) apurou que a flexibilização dessas atividades no estado ainda não provocou uma reaceleração da quantidade de infectados na Grande Ilha – São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte