Vida | sAÚDE

Jovens também podem ter problemas vasculares

Tabagismo, obesidade, sedentarismo ou excesso de atividade física estão entre os fatores agravantes
17/05/2020 às 10h26

SÃO PAULO- Jovens e adolescentes podem também desenvolver doenças vasculares. Apesar das visitas ao angiologista e ao cirurgião vascular serem mais comuns a partir dos 50 anos, devido a maior incidência de sintomas relacionados à especialidade, hábitos alimentares e de qualidade de vida podem impactar diretamente na saúde vascular dos jovens e adolescentes. Por isso, durante o período de isolamento social, é importante manter uma rotina saudável.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte