Geral | Esgoto

Falta de tratamento de esgoto pode agravar pandemia no país

Fiocruz investiga se águas de esgoto podem transmitir a Covid-19; das 100 maiores cidades do Brasil, mais da metade trata menos de 40% dos resíduos; se comprovada essa relação, os casos da doença podem explodir no país
15/05/2020

Rio de Janeiro - A falta de tratamento de esgoto na maioria das cidades brasileiras pode ser um fator que colabora para a disseminação da Covid-19. No fim de abril, um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) encontrou presença do novo coronavírus em águas de esgoto em Niterói (RJ). Por enquanto, segundo os pesquisadores, não há confirmação científica de que esse ambiente seria capaz de transmitir a doença.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte