Covid-19

Municípios decidirão sobre retomada de aulas após dia 12 de maio, diz governador

Segundo Flávio Dino, os prefeitos é que terão a responsabilidade sobre o retorno ou não das aulas após dia 12 de maio, prazo final do decreto que suspende as aulas na rede pública e privada de ensino

Gilberto Léda/ Da editoria de Política

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h20
Decreto de Dino suspendendo as aulas não será reeditado e prefeituras decidirão sobre retorno ou não das aulas
Decreto de Dino suspendendo as aulas não será reeditado e prefeituras decidirão sobre retorno ou não das aulas (Dino)

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou nesta segunda-feira, 27, que deixará a cargo dos prefeitos – assim como já fez em relação ao comércio – a decisão sobre a retomada, ou não, das aulas nas redes municipais de ensino.

Atualmente vigora um decreto suspendendo as atividades escolares até o dia 12 de maio. Segundo o comunista, no que se refere à rede estadual, é improvável que as aulas sejam reiniciadas após esse prazo.

“Eu confio e preciso da parceria dos prefeitos e prefeitas. Eles têm as suas responsabilidades, as suas atribuições. É um processo que anuncio agora para que cada um reflita, é uma decisão das comunidades escolares, professores, gestores. No que se refere à rede estadual não temos previsão de retorno. Muito provavelmente esse prazo do dia 12 de maio será estendido na medida em que nós temos a necessidade de funcionamento conjunto da rede estadual. Eu não posso ter vários calendários escolares na mesma rede”, declarou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.