Organize-se

Sapatos no lugar e dicas de home office em tempos de coronavírus

Veja no vídeo produtos que a colunista selecionou para ajudar você a ganhar espaço. E na coluna, dicas para organizar a casa e a vida em tempos de pandemia de Covid-19
Lanny Bedasi21/03/2020
Organizador de sapato: simples com estilo

ACHEI ALI

O quê: Organizador para sapato - Ordene
Quanto: R$ 12,00 (a unidade)
Onde encontrar: Potiguar

CARTA DA EDITORA

Estamos passando por um momento em que se cumprimentar ou abrir portas com os cotovelos, de estranha, passa a ser prática comum devido ao coronavírus. Devemos nos adaptar a esta realidade em que cada decisão individual se torna coletiva para o bem de todos. Então, dedico esta edição para dar dicas simples e práticas para que possamos atravessar de maneira leve esta nova realidade.

Organize seu "home office"

+ TEMPO | Coronavírus: dicas para ser produtivo trabalhando em casa

Fique atento às dicas porque há possibilidade de ter bons resultados produzindo em casa.

- Explique à sua família que você estará por um período “x” trabalhando em casa.

- Seja específico aos moradores da casa de como você espera que todos se comportem.

- Quem tem filho pequeno provavelmente ele também estará em casa. Neste caso, comunique-se diretamente com seu chefe para que entenda sua situação. Desta forma, há como chegar a uma rotina de trabalho adaptada à sua realidade.

- Defina um espaço para realizar as atividades do trabalho.

- Tenha uma comunicação clara e objetiva com seu chefe e/ou equipe de trabalho usando ferramentas de videochamadas.

- Estabeleça sua rotina diária como se estivesse na empresa.

- Tome um banho e vista-se! Não fique de pijamas.

- Trabalhe no horário comercial e após o “expediente”, esteja de fato, em casa. Desconecte-se do trabalho e não trabalhe aos finais de semana.

- Faça pausas conscientes.

- Agende reuniões em horários fixos com a equipe que lidera ou faz parte.

- Siga o cronograma.

ATENÇÃO: Desinfete sempre o teclado do computador, mouse e smartphone com álcool isopropílico em concentração de 70% (não confunda com o álcool em gel indicado para limpar as mãos). Não faça limpeza com água sanitária e desinfetantes abrasivos. E tenha cuidado para que o líquido não entre em contato com os terminais e conectores.

Tempo de organizar a farmácia caseira

TUDO EM ORDEM | Coronavírus: farmacinha organizada

Aproveite este momento para deixar a farmacinha que você tem em casa organizada. Então, preste atenção a este passo a passo.

- PASSO 1: limpe o recipiente e o local onde ficam armazenados os medicamentos com álcool.

- PASSO 2: à medida que limpa, aproveite para fazer o descarte dos remédios que passaram da validade.

ATENÇÃO: não jogue restos de medicamentos no lixo comum, nem no vaso sanitário. Leve-os a uma farmácia, pois lá eles têm a maneira correta de fazer este descarte.

- PASSO 3: separe por frequência de uso ou por categoria. Você pode guardar medicamentos similares, como por exemplo, todas as pomadas juntas (independente da finalidade de cada uma).

- PASSO 4: adquira caixas organizadoras com tampa e armazene o medicamento já separado.

- PASSO 5: depois de tudo armazenado nas caixas, identifique-a. Assim, facilita o acesso de todos.

- PASSO 6: guarde propositalmente fora do alcance de criança, longe de umidade, luz e calor.

ATENÇÃO: se tiver febre não use ibuprofeno. Autoridades afirmam que enquanto outras pesquisas referentes ao COVID-19 não forem feitas, use paracetamol ou dipirona. Em caso suspeito, vá à UPA ou hospital de urgência.

Os smartphones também devem ser limpos e desinfetados

LÁ EM CASA | Coronavírus: dicas de boas práticas de higienização da casa

Todos sabem que este vírus se propaga de pessoa para pessoa, mas não é tão somente assim! Ele se espalha também por contato com superfícies ou itens contaminados se levarmos as mãos em contato com os olhos, boca ou nariz.

Mesmo em fase de pesquisas, podemos aplicar algumas práticas que são usadas para prevenir os vírus que já conhecemos (como a gripe), pois prevenir é melhor que remediar, certo?

Um esclarecimento: limpar e desinfetar têm diferenças. O primeiro está relacionado à remoção de sujeira, reduzindo assim a propagação; o segundo tem a ver ao uso de produtos químicos, o que "matam" os germes.

- Limpe (com produtos de limpeza domésticos) e desinfete as superfícies tocadas com frequência como: controle remoto, maçanetas, mesas, banheiros, interruptores de luz, pias e torneiras.

- Os smartphones também devem ser limpos e desinfetados apenas com álcool isopropílico em concentração de 70% (não confunda com o álcool em gel indicado para limpar as mãos).

- Limpe as mãos depois de usar o banheiro, tossir, espirrar ou assoar o nariz; e antes de comer ou cuidar de outra pessoa (e depois também).

FAÇA SEU DESINFETANTE CASEIRO: misture 60 ml de água sanitária em 1L de água fria e desinfete as superfícies tocadas com frequência.

LEMBRE-SE: sem pânico e excessos. Lave as mãos "de verdade" por pelo menos 20 segundos. Tem que primeiro lavar e depois desinfetar usando o álcool em gel 70%. Ah, e evite tocar a boca, os olhos e nariz. Lavar as mãos e desinfetar superfícies pode salvar a vida de muitas pessoas inclusive a sua.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte