Geral | Novo Coronavírus

Governador Flávio Dino anuncia novas medidas de combate ao coronavírus

O anúncio foi feito na manhã deste sábado, durante entrevista coletiva transmitida pelas redes sociais; entre as medidas, a principal é o fechamento do comércio
21/03/2020 às 12h20
Governador Flávio Dino anuncia novas medidas de combate ao coronavírusO governador Flávio Dino anuncia novas medidas de combate ao coronavírus no Maranhão

São Luís - O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou, na manhã deste sábado (21), novas medidas de combate ao novo coronavírus no Maranhão. A principal das determinações é o fechamento do comércio. Além disto, o comunista garantiu que a rede de saúde estadual tem 100 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) reservados para os casos de Covid-19. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva transmitida pelas redes sociais.

As novas determinações vieram após a confirmação, na noite da sexta-feira (20), do primeiro caso confirmado de coronavírus no Maranhão: um idoso que esteve em São Paulo e está em isolamento domiciliar. Para evitar a proliferação, o governador Flávio Dino - que já havia editado outras medidas como suspensão das aulas escolares - editou um decreto determinando o fechamento do comércio no Maranhão.

Deverão ficar abertos somente os estabelecimentos que comercializam produtos essenciais como alimentos e de saúde como as farmácias. A determinação passa a valer a partir deste domingo (22).

Impactos

Flávio Dino falou ainda sobre os impactos do fechamento do comércio. Segundo ele, o momento é de preservar vidas e reconhece que a economia pode sofrer porque a decisão é dura. Para manter o comércio fechado, Dino lembrou que haverá um diálogo com os empresários e, se necessário, deverá ser usado o poder de polícia do estado.

Sobre os bancos, o governador disse que aguarda decisão do Governo Federal a respeito e, por isso, as agências funcionarão normalmente na segunda-feira (23).

Sistema de saúde

Durante a entrevista coletiva, o governador disse que há 100 leitos de UTI disponíveis e direcionados somente a casos do novo coronavírus, se ocorrerem. Segundo ele, há previsão de que mais 40 leitos sejam disponibilizados pelo Ministério da Saúde. Caso cheguem, segundo Flávio Dino, serão destinados para o interior do estado.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte