Vida | Comemoração

Dia da Mulher: mais autonomia, conquistas e o direito de ser imperfeita

Data serve para reflexão a respeito de toda a desigualdade e a violência que as mulheres sofrem no Brasil e no mundo; um momento para combater o silenciamento que existe e que normaliza a desigualdade e as violências sofridas pelas mulheres
03/03/2020

São Paulo - 8 de março - o próximo domingo - é o Dia Internacional da Mulher, uma data comemorativa que foi oficializada pela Organização das Nações Unidas na década de 1970. Simboliza a luta histórica das mulheres para terem suas condições equiparadas às dos homens. Inicialmente, essa data remetia à reivindicação por igualdade salarial, mas, atualmente, marca a luta das mulheres não apenas contra a desigualdade salarial, mas também contra o machismo e a violência.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte