Política | Mentira

César Pires diz que Governo mente sobre piso salarial no Maranhão

Deputado disse que piso dos professores estaduais é de R$ 1.412,00 e não R$ 6.300,00 divulgado pelo Governo do Estado
10/02/2020 às 15h00
César Pires diz que Governo mente sobre piso salarial no MaranhãoReprodução

O deputado César Pires (PV) afirmou que trata-se de mentira a informação divulgada pelo Governo do Estado, que o piso salarial dos professores da rede pública estadual - aprovado na quinta-feira na Assembleia Legislativa -, é de R$ 6.300,00.

César Pires esclareceu que o piso dos professores estaduais no Maranhão é de apenas R$ 1.412,00. Além disso, explicou, o reajuste aprovado na Assembleia Legislativa varia entre 5% e 17,49%, sendo que cerca de 80% da categoria receberá o menor percentual de reajuste.

“Em toda a minha trajetória política, nunca votei contra os professores. E em respeito aos educadores, jamais participarei de qualquer manobra que desrespeite direitos daqueles que têm a honrosa missão de levar conhecimento e formar cidadãos conscientes”, afirmou o parlamentar, após a aprovação do projeto do Executivo pela maioria dos deputados.

César Pires disse que votou contra o projeto para manter sua coerência e atendendo aos apelos dos professores que acompanharam a votação, já que a proposta não respeitou o Estatuto do Magistério, construído com muito sacrifício.

“Me sentiria mal se tivesse defendido o Estatuto do Magistério, criticado a ausência de coerência do governo entre discursos e suas práticas, e dado um voto que não interferiria no resultado da votação, mas feriria minha consciência. Optei por atender o clamor dos professores que lotaram a galeria da Assembleia Legislativa do Maranhão”, concluiu.

SAIBA MAIS

O governador Flávio Dino (PCdoB) afirmou hoje, em seu perfil em rede social, que vai sancionar o novo piso salarial dos professores da rede pública. Ele faz uma comparação com o piso oferecido pelo Governo Federal e destaca o valor de R$ 6.300,00 para profissionais de 40 horas semanais.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte