Geral | Polêmica

Justiça retira do ar especial de Natal do Porta dos Fundos na Netflix

Produção foi considerada ofensiva a fé cristão por desembargador do Rio de Janeiro, Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível
O Estado do MA08/01/2020 às 18h41
Justiça retira do ar especial de Natal do Porta dos Fundos na NetflixProdução da Netflix em conjunto com o grupo Porta dos Fundos causou polêmica (Reprodução)

SÃO PAULO - O desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível do Rio de Janeiro, ordenou que a produtora Porta dos Fundos e a Netflix terão de retirar do ar o “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”.

Na produção Jesus Cristo é retratado como homossexual e Maria como usuária de drogas. O partiu da Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura. A solicitação já tinha sido feita anteriormente, mas sem sucesso, sendo negada em primeira instância.

Veja a conclusão do desembargador:

“Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida”, concluiu o magistrado.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte