Política | Sem culpa

"Não dá para culpar o cara", diz Weintraub ao citar Temer sobre prova do Pisa

Weintraub culpou exclusivamente as últimas gestões do PT (Dilma Rousseff em especial) pelos resultados; ministro fez questão de frisar ainda que os dados divulgados são da edição 2018 do exame
03/12/2019 às 16h26
"Não dá para culpar o cara", diz Weintraub ao citar Temer sobre prova do PisaMinistro criticou a política educacional adotada pelo PT (Divulgação)

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse ao portal UOL que não “dá para culpar o cara”, neste caso, o ex-presidente da República, Michel Temer, sobre os dados ruins do Brasil na prova do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes). Weintraub culpou exclusivamente as últimas gestões do PT (Dilma Rousseff em especial) pelos resultados.

O ministro fez questão de frisar ainda que os dados divulgados são da edição 2018 do exame e, portanto, não dizem respeito à gestão de Jair Bolsonaro (sem partido), que assumiu a Presidência em 2019.

Ao todo, foram analisados 79 países e territórios. "[É] integralmente culpa do PT, integralmente culpa dessa doutrinação esquerdófila e sem ensino", disse o ministro em entrevista a jornalistas.

O Pisa começou a ser aplicado em 2000, quando o presidente ainda era Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte