Quadrilheiros

Maranhenses presos acusados de roubar caixa eletrônico em Teresina

O bando criminoso utilizar o método da "pescaria" para retirar dinheiro de envelopes colocados em caixa eletrônico

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22
Presos acusados de furtarem envelopes bancários dos caixas eletrônicos
Presos acusados de furtarem envelopes bancários dos caixas eletrônicos (presos em Teresina)

Os maranhenses, Francisco Charles Pereira e Samuel Silva Filho, em companhia de Gabriel Amaral dos Santos Silva, Rogério Mesquita Batista e Hellen Fabíola Pereira dos Santos, que são do estado de São Paulo, foram presos em Teresina (PI), no último domingo, acusados de furtarem envelopes bancários dos caixas eletrônicos. O valor do dinheiro roubado não foi revelado pela polícia.

O delegado da Polícia Civil do Piauí, Tales Gomes, declarou que o bando utiliza de um novo método criminoso, denominado de pescaria. Eles utilizam uma ferramenta com placas de madeira, aço e fita adesiva para “pescar” os depósitos de dentro dos terminais de autoatendimento. “Em um intervalo de 30 segundos pesca um envelope sem chamar a atenção”, disse Tales Gomes.

Ele ainda informou que o grupo criminoso chegou a capital piauiense no último sábado. No domingo, 10, os criminosos estiveram nas agências do Banco do Brasil da 13 de Maio, Marquês, São Cristóvão, Piçarra e Nova Ceasa, onde foram presos e conduzidos para a delegacia.

Em poder deles, a polícia apreendeu cinco “varas de pescar” como ainda envelopes, dinheiro e cartão de crédito. Eles foram autuados pelos crimes de furto qualificado e corrupção ativa devido ter tentado subornar os policiais no momento da abordagem. “Os criminosos ofereceram R$ 2 mil para não serem presos”, explicou o delegado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.