Direitos

Professores municipais reúnem-se em caminhada na Avenida Litorânea

Evento realizado pelo Sindeducação teve como objetivo celebrar o mês do professor bem como fortalecer a luta da categoria por direitos

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22
Evento foi marcado por atividades de lazer
Evento foi marcado por atividades de lazer (caminhada do educador)

São Luís- Cerca de 300 professores da rede pública municipal de ensino participaram, na tarde deste sábado, da IV Caminhada do Educador que ocorreu na Avenida Litorânea. O evento, promovido pelo Sindicato dos Professores do Magistério da Rede Municipal de São Luís (Sindeducação), teve como tema “Sou Professor, Sou Resistência” e integra o calendário de comemorações pelo mês do professor, cujas atividades seguem no próximo dia 24, com a mesa-redonda “O enfrentamento aos ataques do Governo Federal: desafios e consequências”, no auditório Zenira Fiquene, Faculdade Pitágoras, Turu, às 18h.

A caminhada foi alusiva à luta travada pela categoria contra o arrocho salarial, precarização das escolas e o não pagamento, pelo governo municipal, dos direitos estatutários. Antes da caminhada, os presentes participaram de um aquecimento realizado na Praça do Pescador, local de concentração e depois seguiram para a Casa das Dunas, local de dispersão do evento.

A professora Elisabeth Castelo Branco, presidente do Sindeducação, ressaltou a importância da atividade de luta, integração, saúde e bem-estar, e reforçou o desejo da categoria prosseguir unida em defesa dos direitos dos professores. “É hora, mais do que nunca, de continuarmos unidos, em defesa não só da nossa profissão, mas também das nossas escolas, das nossas crianças e, principalmente, da Educação Pública”, conclamou a sindicalista.

As professoras Conceição Góis e Ana Regina, da U.E.B. Sá Valle, elogiaram a iniciativa da entidade sindical, a oportunidade de rever as colegas de profissão, e aproveitaram para denunciar a situação precária da escola. “A nossa unidade tem muitos problemas, precisa de um reforma ampla e geral, mas, mesmo assim, buscamos dar o melhor de nós em sala de aula”, desabafou uma delas.

Ao longo do trajeto, de quase dois quilômetros, os professores entoaram gritos de luta sobre a valorização da categoria,principalmente no âmbito municipal. Ao final, foi servido um lanche para os participantes e houve sorteio de brindes para os professores presentes. As comemorações pelo mês do professor promovidas pelo Sindeducação serão encerradas com o projeto “Festival do Bem-estar: a música abastece o corpo e a alma”, prevista para o dia 26 deste mês, às 17h, na Casa das Dunas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.