Empreendedorismo

Grupo Terra Viva: Tecnologia e foco aliados ao crescimento

Empresa, que chega a São Luís, vem se reinventando sempre; com a crise econômica, estudou e investiu em formas de continuar crescendo e conquistar outros mercados

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h23
CEO do Grupo Terra Viva,  Marco Silva
CEO do Grupo Terra Viva, Marco Silva (Marcos Silva - terra Viva)

Uma sólida empresa, que caminha na contramão de um mercado em crise econômica. Este é o perfil do Grupo Terra Viva, formado pela Prosema Corretora de Seguros; HS Premium; Consultora de Benefícios e a Terra Viva, Corretora de Seguros. O grupo, que é player de mercado, viu na crise ótimas oportunidades de negócios e vem se reinventando para crescer cada vez mais, utilizando a tecnologia de ponta como principal ferramenta. E, para marcar este novo momento, a empresa inaugurará nesta quarta-feira, 28, às 19h, sua nova sede, no centro de São Luís.

Especializado em seguros pessoais e patrimoniais, automóveis, riscos gerais e planos de assistência à saúde e odontologia, o Gru­po Terra Viva está há 19 anos no mercado, com know how no ramo e ampla operação no Maranhão, já se expandindo para outros estados.

De acordo com o CEO do Gru­po Terra Viva, Marco Silva, a empresa vem se reinventando sempre e, com a crise econômica, estudou e investiu em formas de continuar crescendo e conquistar outros mercados.

"Além de São Luís, atualmen­te estamos em Imperatriz, onde atuamos há mais de sete anos; Parauapebas, onde chegamos há cinco anos, e em Recife, Pernambuco, há dois anos no mercado", detalha o empresário Marco Silva.

O presidente destaca a ousadia do Terra Viva em buscar novos mercados para vencer a crise, ten­do a tecnologia como forte aliada. “Estamos em um estado onde to­dos os indicadores sociais são contra qualquer possibilidade de crescimento, mas não nos acomodamos, e a crise só nos motivou a dar continuidade ao nosso movimento de expansão e a se reinventar, sair dos grandes centros para o interior e expandir nossa atuação para outros estados. Estas foram as maneiras que encontramos para sair da crise ou nos manter bem sólidos para quan­do ela passasse”, afirma Marco Silva.

O empresário diz que acredita que a crise está passando. “Sobrevivemos com dificuldade. Perdemos de 40% a 50% do faturamento e liquidez em dois anos, não só devido à crise mas a mudanças feitas pelas próprias seguradoras, relacionadas a diversas questões, com o objetivo de se enquadrarem ao novo momen­to para sobreviverem no mercado, mas já recuperamos 20%, graças entre outras coisas, ao nosso processo de expansão bem-sucedido, e nossa meta é recuperar os outros 30% logo. Estamos trabalhan­do fortemente para isso”, garante Marco Silva.

Tecnologia
A tecnologia é uma das fortes aliadas do Grupo Terra Viva para melhorar sua competitividade no mercado. Uma das alternativas utilizadas como diferencial competitivo de estratégia de vendas e chegar mais perto dos clientes. “O uso de ferramentas tecnológicas nos permitiu melhorar nossa lucratividade, reduzir custos operacionais, aumentar visibilidade e interagir mais facilmente com nossos clientes”, completa o CEO.

O investimento em tecnologia, permitiu ao Grupo Terra Viva gran­des avanços. Atualmente, conta com um call center para 40 atendentes e profissionais que atuam no sistema home office, o que gera o aumento da produtividade e lucratividade.

O uso da ferramenta Google AdWords permite o crescimento da captação de mais clientes diariamente, prontamente atendidos por profissionais que atuam nos escritórios-sedes, filiais ou home oficces do Grupo Terra Viva. “Essa tecnologia nos permite ampliar o canal de atendimento ao cliente e aos potenciais clientes. As pessoas captam o anúncio por meio do
Google e nos ligam. Somos a única corretora do Maranhão com essa tecnologia de ponta”, explica Marco Silva.

Vendas pela internet
O empresário informa que o gru­po já chegou a atingir a marca de R$ 300 mil só em vendas pela internet. Atuou também no canal banco Bradesco, com mais de 30 agências. “Somos a terceira empresa do Brasil e a segunda do Nordeste a conquistar um alto patamar de vendas pela internet de um produto só utilizando nossa base de call center”, completa o empresário.

A maior expertise do grupo é seguro-saúde, na área de benefício. A empresa chegou a ter 7 mil CNPJs em sua base de call center, número que foi reduzindo com a crise, mas que está voltando a crescer.

“Nos consideramos vitoriosos, pois muitas empresas fecharam ou encolheram, mas continuamos firmes, aproveitando o fôlego tomado pelo mercado de seguro nos últimos anos, principalmente no segmento de saúde”, assegura Marco Silva.

O empresário conta ainda que, com a retomada do crescimento da economia, as pessoas voltaram a procurar as empresas para garantir, por meio do seguro, o que está relacionado a um bem, seja a vida ou patrimônio.

“O mercado está aí, as oportunidades também, e nós mantivemos nosso foco no crescimento, usando nossa expertise na área para continuar crescendo em cima da crise. Nossa meta é recuperar todo o processo dentro de cinco anos. Hoje, nos orgulhamos de ser uma empresa de renome nacional, apresentada como case de sucesso como empresa que produz mais que corretoras de grandes centros, como São Paulo. Nossos 19 anos de mercado são a comprovação de que é possível sobreviver à crise, com garra, criatividade e know how”, conclui Marcos Silva.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.