Esporte | Brasileirão-2019

Fluminense tenta se afastar da degola contra o CSA

Os cariocas buscam respirar na briga contra o rebaixamento e terão pela frente um adversário que tenta um triunfo para não afundar na Série A
Gazetapress18/08/2019 às 07h00
Fluminense tenta se afastar da degola contra o CSAPaulo Henrique Ganso na preparação do Fluminense (LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

Rio de Janeiro - O Fluminense tem vivido altos e baixos na temporada. Neste domingo, os tricolores vão a campo contra o CSA, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Os cariocas buscam respirar na briga contra o rebaixamento e terão pela frente um adversário que tenta um triunfo para não afundar na Série A.

O técnico Fernando Diniz teve a semana para trabalhar após a derrota para o Atlético-MG. Sem poder contar com o meia Nenê, suspenso, além do atacante Pedro, lesionado, o comandante tem somente uma dúvida na escalação. Marcos Paulo e Wellington Nem brigam para formar o ataque com Yony González e João Pedro, que retorna após se recuperar de lesão.

Um mau resultado pode recolocar o Fluminense na zona de rebaixamento. Tanto que o meia Daniel ressaltou a importância da vitória. "Aqui no Fluminense sempre vai ter pressão por resultados, pela história do clube vitorioso que é. Todo jogador aqui tem de estar preparado para isso. A gente precisa muito dessa vitória. Ganhando, não passa ninguém. Não podemos deixar quem está em cima distanciar ainda mais. Não é o nosso objetivo na tabela, o Fluminense não pode ficar na parte de baixo", disse.

No entanto, o jogador destacou que o CSA não pode ser menosprezado. "Não acho que seja um time fraco, no campeonato não tem adversário fraco. Temos de entrar muito concentrados. Não podemos dar bobeira", declarou.

Luta contra a degola

Do lado do CSA, o embarque para o Rio de Janeiro teve protesto da torcida. Os alagoanos ainda não venceram fora de casa na Série A e ocupam a penúltima colocação. Para esta partida, o técnico Argel Fucks só terá o desfalque do meia Didira. Naldo foi confirmado como substituto.

Para o confronto no Maracanã, o volante Dawhan falou sobre como o CSA deve atuar para não sofrer com os donos da casa. "Eles gostam bastante de ficar com a bola. No momento certo, nós teremos chances e temos que matar o jogo para que a gente possa respirar. Eles jogam muito pelo meio, preenchem o meio-campo. Eles vão estar com o apoio da torcida, mas sempre falo que são 11 contra 11. Somos jogadores experientes, não sentimos essa pressão", falou.

Dawhan também ressaltou a necessidade do CSA em sair de campo com um bom resultado. "Eles têm 12 pontos, se eu não me engano. Temos que trazer essa vitória para que não fique distante. A gente sabe que a Série A é muito difícil, são jogos decididos nos detalhes", finalizou.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X CSA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 18 de agosto de 2019, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (PB)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Neuza Ines Back (SP)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

FLUMINENSE: Muriel, Igor Julião, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Daniel e Paulo Henrique Ganso; Marcos Paulo (Wellington Nem), João Pedro e Yony González.
Técnico: Fernando Diniz

CSA: Jordi, Apodi, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Dawhan, João Vitor, Naldo e Jonatan Gómez; Maranhão e Alecsandro
Técnico: Argel Fucks

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte