Economia | Aniversário

Associação Comercial comemora 165 anos com debate sobre desenvolvimento do MA

Comemorações prosseguirão na próxima semana, com Sessão Solene na Câmara de Vereadores de São Luís e Assembleia Legislativa do Maranhão
16/08/2019
Felipe Mussalém ressaltou na abertura que as comemorações terão como foco o desenvolvimento do estado

Abrindo as comemorações do aniversário de 165 anos da Associação Comercial do Maranhão (ACM), foi realizado um evento, na noite dessa quarta-feira (14), na sede da entidade, considerada a mais antiga do estado. Durante a solenidade, ocorreu um debate sobre os desafios e oportunidades da classe empresarial e seus representantes para o progresso do mercado maranhense. A celebração terá continuidade na próxima semana com duas sessões solenes.

Para o presidente da ACM, Felipe Mussalém, o momento seria utilizado para o debate com foco no crescimento produtivo do Estado do Maranhão, beneficiando a sociedade com a ideia de progresso. “Hoje, a gente abre a solenidade de comemoração dos 165 anos da Associação Comercial do Maranhão, que serão completados no próximo dia 21. Aqui, nós estamos promovendo um painel de discussão com dirigentes empresariais, para que possamos falar sobre os desafios que as entidades representativas da classe empresarial têm pela frente para o desenvolvimento do Maranhão”, pontuou ele.

O evento começou por volta das 19h com a composição da mesa de abertura. O jornalista Adalberto Melo atuou como mediador do painel de discussão. “Estou extremamente animado pelo convite da Associação Comercial. Esses debates são importantes, ainda mais em se tratando de uma entidade que fala em renovação, cujo conceito faz parte dessa rica história, nesses 165 anos de existência”, declarou Melo em seu discurso à classe empresarial.

Mussalém destacou que as comemorações se estenderão durante toda a próxima semana, como parte da programação de celebração dos 165 anos da entidade. “A casa será homenageada pela Assembleia Legislativa do Maranhão e pela Câmara de Vereadores de São Luís. No dia 21, será realizada a solenidade magna de aniversário, na qual faremos o lançamento de um documentário em comemoração aos 165 anos da Associação. Faremos, também, homenagens aos ex-presidentes da entidade”, explicou Mussalém.

Ex-presidentes

A abertura pelas comemorações do aniversário da entidade contou com a presença de vários ex-presidentes da ACM, como Carlos Thadeu Pinheiro Gaspar, que esteve à frente da Associação no período de julho de 1990 a dezembro de 1994. “Esse evento está muito bonito. O momento aqui é excepcional. Não são 165 anos de idade. É muito mais do que isso. São 165 anos de atividade. Essa história nossa é muito importante”, expressou Gaspar.

O momento foi marcado pela diversidade de participantes. Representantes da Federação da Câmara de Dirigentes Lojistas do Maranhão (FCDL), da Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema) e da Federação das Associações Empresariais do Maranhão (FAEM) também compareceram ao evento. Essas entidades participaram do painel de discussão acerca dos desafios e oportunidades para a classe empresarial.

“É uma satisfação enorme poder participar dos 165 anos da Associação Comercial, entidade mais antiga do nosso estado. Hoje, teremos um debate no qual poderemos ouvir o que esperamos dos nossos associados. Uma discussão proveitosa. Trataremos sobre empreendedorismo, sobretudo o feminino, que está em alta. Diversas empresas já estão sendo fundadas e lideradas pelas mulheres”, salientou Maria do Socorro Teixeira Noronha, presidente da FCDL.

Ela comentou que as pessoas estão se aprimorando cada vez mais para abrir uma empresa no Maranhão, cujo mercado é promissor. “O empreendedorismo está crescendo bastante aqui. O que estamos notando é que está ocorrendo uma melhor qualificação no se refere ao mercado de trabalho. O empreendedor já chega bem estruturado. Assim, a permanência das empresas se torna duradoura”, enfatizou Maria do Socorro.

Noronha, aliás, esteve na mesa de abertura, ao lado de Felipe Mussalém, do jornalista Adalberto Melo, de Raimundo Coelho de Sousa (presidente da Faema) e de Hélio Rodrigues Araújo (presidente da FAEM).

Próximas etapas

No dia 20 deste mês, ocorrerá uma Sessão Solene na Câmara dos Vereadores de São Luís, tendo sido proposta pelo vereador Ricardo Diniz (PRTB), às 14h. A Solenidade Magna pelos 165 anos da ACM será no dia seguinte, às 19h30. E, por fim, no dia 23 de agosto, será realizada uma Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Maranhão, às 14h, de proposição do deputado estadual Adriano Sarney (PV).

Sobre a ACM

Fundada há 163 anos, a Associação Comercial do Maranhão é uma das mais tradicionais entidades empresariais do Brasil. Sua trajetória se confunde com a história do comércio no Maranhão. O passo inicial para a sua fundação foi dado no dia 21 de agosto de 1854, com a eleição de uma comissão de notáveis comerciantes, que deveria representar em todos os aspectos a classe comercial do Maranhão. Para presidir a comissão, elegeu-se o Comendador João Gualberto da Costa, figura eminente da sociedade daquela época.

Identificada com as aspirações do comércio, a “Comissão da Praça”, como ficou conhecida, teve uma atuação marcante junto ao Império e à Província até o ano de 1878, quando, sob o comando de José da Cunha Santos Júnior, transformou-se na Associação Comercial do Maranhão.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte