Cidades | ACP

Ação pede interdição de academias que estão irregulares

Além da interdição, MPMA requer a citação dos estabelecimentos para audiência de conciliação
18/07/2019

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, em 5 de julho, uma Ação Civil Pública (ACP) com pedido de tutela de urgência antecipada, requerendo a interdição de 22 academias em São Luís, Paço do Lumiar e São José de Ribamar. Além da interdição, o MPMA requer a citação dos estabelecimentos para uma audiência de conciliação.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte