Cidades | A arte de aprender

Idosos aprendem a confeccionar bonecas de pano em oficina do Todos por São Luís

Atendidos pelo Centro de Saúde da Vila Embratel participaram de oficina de bonecas de pano, adquirindo uma ocupação e forma de melhorar a renda familiar
26/05/2019 às 00h00
Idosos aprendem a confeccionar bonecas de pano em oficina do Todos por São LuísIdosos ficaram satisfeitos com o novo aprendizado (Divulgação)

São Luís - Ocupar as mãos e a cabeça com uma atividade prazerosa e lúdica. Foi com esta intenção que idosos atendidos pelo Centro de Saúde da Vila Embratel participaram de uma oficina que os ensinou a confecção de bonecas de pano. A ação integra o Programa Todos por São Luís, com o objetivo aproximar ainda mais o poder público municipal das comunidades. Além de contribuir com a geração de emprego e renda na cidade, as oficinas ofertadas pelo programa também são uma forma de promover a melhoria da autoestima e da autonomia, estímulos que contribuem positivamente para a melhoria da qualidade de vida.

Na semana que passou, a oficina foi realizada com idosos do grupo Ativamente, que faz parte das atividades do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) que dá suporte ao Centro de Saúde da Vila Embratel. A oficina contribui com o trabalho que já é realizado semanalmente pelo grupo. Desta vez, além de oferecer a possibilidade de ter uma fonte de renda, a oficina reforçou o trabalho já desenvolvido pela unidade de saúde com os idosos, que contam com acompanhamento de uma equipe multidisciplinar de profissionais da saúde.

A terapeuta ocupacional responsável pelo grupo Ativamente, Jeane Cristina Freire, explicou como a oficina do Programa Todos por São Luís beneficiou os idosos. "Aqui a gente estimula a autonomia e a busca pela autoestima, realiza jogos cognitivos que desenvolvem a atenção, a cooperação e a memória entre outras atividades que favorecem a mobilidade, a integração e a sociabilidade dos idosos. Temos aqui pessoas com diversos problemas de saúde e atividades como essa contribuem com o bem estar destes idosos", disse a terapeuta.

Resultados positivos puderam ser observados na vida de pessoas como Ana Rosa Dias, 84 anos. "Eu já tinha pedido para sair do grupo por não enxergar direito, mas com a ajuda dos profissionais e dos meus colegas consegui fazer minha própria boneca. Gosto muito de participar e fiquei muito feliz com esta oficina" disse.

Para provar que não são só as mulheres que se interessam pela atividade, Baltazar de Silva, 81 anos, também pode comprovar os benefícios da oficina e das atividades que são realizadas pelo grupo Ativamente. "Sempre fui muito ativo, mas cheguei aqui no Centro buscando ajuda, pois não conseguia nem mexer as minhas mãos. Hoje, graças ao apoio que encontrei aqui, consegui confeccionar a boneca", contou o participante da oficina.

A oficina de bonecas de pano foi ministrada pela servidora pública e agente de Defesa Civil, Rosa Maria Lima. "São histórias como essas que me estimulam a realizar esse trabalho. O mais bonito é ver o empenho das pessoas para participarem da atividade. Com essa ação, sei que já salvamos vidas sem nem saber, pois com ela também oferecemos um novo jeito de ver a vida, com novas possibilidade", afirmou Rosa Maria, que já ministrou outras oficinas do Programa Todos por São Luís.

Ainda pelo Todos por São Luís, são disponibilizadas oficinas de decoração de garrafas, porta retrato com palito de picolé, porta calcinhas, decoração de tiaras, confecção de agendas e chaveiros entre outras. As oficinas já alcançaram diversos bairros da capita

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte