Cidades | MISSA DE CINZAS

Missa anuncia o início da Quaresma na Igreja Católica

Em São Luís, a primeira celebração da Quarta-Feira de Cinzas foi realizada na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e São Benedito, na Rua do Egito, no centro da capital maranhense
Igor Linhares / O Estado07/03/2019

O feriado prolongado terminou ontem, Quarta-Feira de Cinzas (6). Para os católicos, a data anuncia o início de um período importante para a Igreja, a Quaresma. Durante o dia de ontem, Missas de Cinzas foram realizadas em várias igrejas em todo o país. Em São Luís, fiéis assistiram à primeira celebração de toda a cidade, realizada na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e São Benedito, localizada na Rua do Egito, no Centro da capital.
Durante a missa, que teve uma programação direcionada ao dia que marca o início da quarentena que antecipa todo o período da Semana Santa, de 14 a 20 de abril este ano, o padre Roney Carvalho relembrou a importância do recolhimento durante a Quaresma. “A Quaresma é um tempo de reflexão para toda a Igreja. Também é tempo dos cristãos pensarem de forma mais correta. Tempo de analisarmos se estamos amando a Deus sobre todas as coisas ou se outras coisas têm retido a nossa atenção”, proferiu.
Ainda durante a celebração o padre Roney Carvalho enfatizou a necessidade da mudança. “É tempo, além do mais, de repensarmos nossas faltas cometidas, nossos delitos e tempo, principalmente, de mudarmos esses atos. Precisamos rever a vida, de fazer dela uma vida diferente, de nos convertermos ao amor e respeito por Deus”, ressaltou. “Precisamos ser mais caridosos e trabalhar a nossa espiritualidade para que sigamos em paz conosco mesmos”.
Além desta, outras igrejas que também realizaram Missas de Cinzas foram a Igreja da Sé e Igreja do Desterro, ambas localizada na região central da capital maranhense, onde foi lembrado, entretanto, a Campanha da Fraternidade, lançada oficialmente hoje pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que este ano permeia o tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça”.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.