Cidades | CARNAVAL 2019

Blocos tradicionais do Grupo A passam pela Passarela do Samba e agitam

Desfiles ocorreram entre a noite de sábado (2) e madrugada de domingo (3); 15 grupos se apresentaram, animando centenas de pessoas que estiveram presentes
MONALISA BENAVENUTO / O ESTADO03/03/2019 às 02h10

SÃO LUÍS - Nem a chuva desanimou o público que esteve na Passarela do Samba, no Centro de São Luís, neste Sábado Gordo de Carnaval (2). Centenas de pessoas prestigiaram o segundo dia de desfiles dos Blocos Tradicionais do grupo A, que contou com a apresentação de 15 grupos concorrentes, entre eles grandes campeãs do Carnaval do Maranhão, como Príncipe de Roma, Os Feras, Os apaixonados e Os tremendões.

A animação dos grupos que estiveram na Passarela do Samba contagiaram o público presente que se manteve firme durante a noite de sábado e madrugada de domingo (3). Como manda o ritual, grupos de Tambor de Crioula e Tribos de Índios abriram as apresentações. O Bloco da Apae foi o primeiro a passar pela avenida e, apesar de não participar das competições, integra a tradição dos desfiles e reafirma o importante papel desempenhado pela instituição no estado.

A competição começou com a apresentação do bloco Os Gladiadores, seguidos por Os Baratas, Guerreiros do ritmo e Kambalacho do Ritmo. O quinto grupo a desfilar foi a turma do Príncipe de Roma, que musicou o amor entre fantoches e pierrôs. Com o samba-tema “Antes de cantar o mundo eu canto minha cultura”, tecido de chita e fitas coloridas, Os Feras enalteceram a cultura maranhense, assim como Os Coringas, que trouxeram a dança e as toadas ritmadas pelos batuques de pandeiros e pandeirões em homenagem aos bois de Santa Fé e Pindaré, do sotaque da Baixada.
“Dos salões da aristocracia para o reinado da folia”, o jornalista Perjentino Holanda foi o grande homenageado do bloco Reis da Liberdade, que apresentaram um desfile inovador, acompanhando por um violinista que deu ar majestoso ao samba-tema.
Os Vampiros, da Cohab, abriram as apresentações da madrugada tirando o público do chão, exaltando o povo nordestino, a literatura de cordel e o famoso “baião de dois”. Dos contos de fadas para a passarela, a história do Gato de Botas – famoso personagem que fez parte da infância de diversas gerações – foi contada pelo Bloco Tradicional Os Brasinhas, seguidos pelo grupo Os Foliões, que também trouxe um clássico da literatura infantil, contando as aventuras de Visconde de Sabugosa e da boneca falante, Emília, do escritor Monteiro Lobato.

Tropicais do Ritmo, Os Originais do Ritmo deram continuidade à festança. Seguidos por Os Apaixonados, do Cohatrac, que homenageou os Blocos Tradicionais maranhenses. Por último, o campeão de 2018, Os Tremendões sacudiram a arquibancada com o samba-tema “Na corte do Carnaval, de rei ou bobo todo mundo tem um pouco”, encerrando as apresentações do Grupo A deste ano, tornando a competição ainda mais acirrada.

Olha a limpeza aí, minha gente!

Quem também deu show na avenida foi a equipe de limpeza pública, que não perdeu tempo entre um bloco e outro para garantir que a passarela estivesse impecável para os concorrentes seguintes. O compromisso foi firmado pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana, por meio da presidente Carolina Estrela que esteve presente durante a abertura dos desfiles na noite de sexta-feira (1), acompanhada por sua equipe de colaboradores.

Circuito Madre Deus

Também embalados pelos ritmos dos Blocos Tradicionais – desta vez, integrantes do Grupo B, que desfilaram na sexta-feira (1) –, foliões fizeram a festa no circuito Madre Deus, que contou com diversos palcos dedicados a gêneros diversos, como grupos de Tambor de Crioula, Samba, Pagode e Axé e de agrandando a todas as idades e tribos. Até São Pedro participou da folia pagã e cuidou de hidratar os brincantes durante a maior parte da noite.

Nas ruas do bairro, gente de todas as idades curtiam as apresentações acompanhadas por muita cor, brincadeiras e confetes, reforçando as tradições do período. Na Praça da Vila Gracinha, o clima era familiar, como contou a aposentada Graça Chaves, que não perde um ano de folia no Circuito Madre Deus. “Eu sou de Cururupu, já morei aqui durante muitos anos, mas hoje moro no Cohafuma. Mesmo assim venho todos os dias para cá com a minha irmã, porque Vila Gracinha é o Carnaval da família”, contou a foliã enquanto se divertia ao som do Bloco Tradicional Os Diplomáticos.

Quem também aproveitou a festa foi um grupo de 25 amigos vindos de diversos cantos do país, liderados pela professora universitária Tereza Seabra. Todos os anos, há mais de três décadas, eles se vestem de Carnaval para brincar nos circuítos maranhenses. Em 2019 o tema escolhido veio do fundo do mar para homenagear o clima local. “Nós decidimos nos vestir de sereias e tritões porque estamos no período chuvoso e quem gosta de água é sereia, não é mesmo?”, brincou Seabra.

Na Praça da Saudade a folia contou com Blocos Tradicionais e shows de artistas e grupos locais. Já no Beco do Gavião, ficou por conta dos Blocos Alternativos, fazendo a alegria da moçada, com direito a trenzinho sob a chuva. No Largo do Caroçudo teve samba para quem era de samba e tambor para quem era de tambor, reforçando a cultura maranhense nos três palcos que dividiam o público ao longo da Avenida Ribamar Pinheiro. Shows com bandas, trios e blocos contagiaram os foliões que estiveram no Ceprama, encerrando o circuito Madre Deus.

A festa continua durante os próximos dias. Confira a programação deste domingo:

Madre Deus

Praça da Saudade

18h- Bloco Tradicional Príncipe De Roma

19h- Bloco Alternativo Vinagreira Do Samba

20h-Bloco Tradicional Os Brasinhas

21h-Bloco Tradicional Os Feras

22h-Show Lena Machado

23h-Show Orquestra Do Samba

Vila Gracinha

18h-Bloco Tradicional Kambalacho Do Ritmo

19h-Guerreiros Do Ritmo

20h-Bloco Tradicional Os Inacreditáveis

21h-Bloco Alternativo Toa Toa

22h-Bloco Tradicional Companhia Do Ritmo

23h-Show Anastácia E Andréa

Beco do Gavião

18h-Grupo Tirando Onda

19h-Bloco Alternativo Tribal

20h-Bloco Alternativo Rio Grande Folia

21h-Banda Do Galo

22h-Bloco Alternativo Jumento Em Pé

23h-Bloco Alternativo Mega Banda

Casa das Minas

18h- Bloco Alternativo Banda Da Verdura

19h- Bloco Alternativo Cara Folia

20h- Bloco Tradicional Os Gladiadores

21h- Bloco Tradicional Os Vampiros

22h Bloco Tradicional Os Imbatíveis

23h- Show Luis Guerreiro

Largo do Caroçudo – Tenda do Tambor

18h- Tambor De Crioula Vila Bacanga

19h- Tambor De Crioula Unidos Venceremos

20h- Tambor De Crioula Mestre Paulo

21h- Tambor De Crioula Rosa De Saron

22h- Tambor De Crioula Milagre De São Benedito De Dona Nilza

Largo do Caroçudo – Palco Samba 1

18h- Grupo Xodo De Mãe

19h- Batuka Nego

20h- Feijoada Completa

Largo do Caroçudo – Palco Samba 2

18h- Grupo Balance

19h- Sambary Love

20h- Grupo Palmares

Ceprama

17h-Bloco Alternativo No Seu

18h-Bloco Tradicional Originais Do Ritmo

18h30-Bloco Alternativo Ritmistas Da Madre Deus

19h-Bloco Alternativo Maria Bebeu

19h30-Trio Sou Do Povão

20h30-Trio Jegue Folia

21h30-Trio Do Reggae/Gdam

22h30-Blocão Do Nina

Praça Manoel Beckman

17h-Banda Carrossel Encantado

18h-Trupe Picadeiros

19h-Banda Unidunitê

Circuito Beira-Mar

16h-Show Piratas Da Ilha

17h-Bloco Do Lamparina

17h30-Show Viviane Brasil

18h-Show Mix In Brasil

18h30-Trio Do Jacaré

19h -TRIO Marabloco Eletrico

19h30-Trio Sou Do Povão

20h-Trio Blocão Do Nina

20h30-Trio Jegue Folia

21h-Trio Sindicato Do Samba

21h30-Trio Confraria Do Copo

22h-Trio Vamu Di Samba

22h30-Trio Do Reggae/Gdam

23h-Trio Do Bicho Terra

Passarela do Samba (Anel Viário)

18h – Apresentações De Tambor De Crioula Na Tenda Do Tambor

Desfile Dos Blocos Organizados

18h30 Às 18h45 – Os Cobras Das Estrelas

18h50 Às 19h05 – Unidos Da Vila Embratel Ii

19h10 Às 19h25 – Pau Brasil

19h30 Às 19h45 – Canto Quente

19h50 Às 20h05 – Dragões Da Madre Deus

Desfile De Alegoria

20h10 Às 20h25 – Tijupá

Desfile Das Turmas De Samba

20h30 Às 20h50 – Vinagreira Do Samba

20h55 Às 21h15 – Fuzileiros Da Fuzarca

Desfile Das Escolas De Samba

22h00 Às 23h00 – Terrestre Do Samba

23h10 Às 00h10 – Mocidade Independente Da Ilha

00h20 Às 01h20 – Império Serrano

01h30 Às 02h30 – Turma De Mangueira

02h40 Às 03h40 – Flor Do Samba

Galeria de fotos

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte