Polícia | Criminalidade

Militar do Maranhão permanece em presídio do Piauí

Soldado Francisco Ribeiro dos Santois Filho, lotado em Timon, foi levado para o presídio Irmão Guido por matar colega de farda em Teresina.
Ismael Araújo05/02/2019

Teresina - O soldado da Polícia Militar do Maranhão, Francisco Ribeiro dos Santos Filho, lotado no batalhão de Timon, continuava ontem preso em umas das celas da Penitenciária Regional Irmão Guido, na zona rural da capital piauiense. De acordo com a polícia, ele foi preso em flagrante na última sexta-feira acusado de ter assassinado a tiros o cabo da Polícia Militar do Piauí, Samuel de Sousa Borges, de 30 anos, durante uma discussão de trânsito, ocorrido nas proximidades de uma escola, na zona Leste de Teresina.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte