DOM | Atenção!

Dicas de segurança para crianças em parques e praias

Atenção deve ser redobrada, principalmente nos passeios em fins de semana e feriados
04/11/2018 às 00h00
Dicas de segurança para crianças em parques e praias Nas praias, no caso da criança se perder, é importante buscar ajuda com o salva-vidas ou o corpo de bombeiros. (criança)

Muitos pais aproveitam os finais de semana e feriados para passear com as crianças. Nesses momentos, é importante não esquecer da segurança. Pensando nisso,Rogério Rodrigues, especialista em segurança do GRUPO GR, selecionou algumas dicas para quem for levar os pequenos aos parques e praias.

- Não incentive o uso de telefone celular por crianças.

- Não é recomendável que crianças carreguem celulares, tablets ou câmeras digitais sozinhas para não atrair a ação de criminosos.

- É recomendável que os pais orientem seus filhos para que eles nunca acompanhem estranhos.

- A criança deve ser orientada também a reconhecer e buscar ajuda com policiais, casos se sintam perdidas ou assustadas.

- Se a criança se perder, a primeira coisa a ser feita pelo responsável é sempre procurar pela segurança local.

- Nas praias, no caso da criança se perder, é importante buscar ajuda com o salva-vidas ou o corpo de bombeiros.

- Caso precise pedir informações, procure alguém autorizado ou dirija-se a um balcão de informações.

- Não peça ajuda ou informações para pessoas estranhas. Procure se informar sobre o local visitado com pessoas de confiança (recepção dos hotéis, por exemplo) antes de sair.

- Não reaja durante um assalto. Mantenha-se calmo(a), por mais difícil que possa ser.

- Lembre-se de que o assaltante está atrás do dinheiro ou pertence de valor e costuma atirar somente quando fica assustado ou acuado, principalmente diante de uma reação da vítima.

- Não use bolsos traseiros para carregar carteira, celular ou dinheiro.

- Previna-se contra a ação dos marginais não ostentando objetos de valor como relógios, joias, pulseiras, celulares, tablets, colares, etc.

- Não saia com grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade.

- Não abra a carteira ou a bolsa na frente de estranhos.

- Cuidado com bolsas ou mochilas transparentes, pois o marginal vai perceber que você leva documentos, dinheiro, aparelho celular, etc.

- Evite andar por ruas, calçadões e praças mal iluminadas ou em horário muito avançado, principalmente em locais desconhecidos, pois estes são os pontos preferidos pelos meliantes que se aproveitam das condições para atacar suas vítimas.

- Se sentir que está sendo seguido, procure um lugar mais movimentado ou entre num estabelecimento comercial.

- Na maioria dos casos, a prevenção é a melhor solução. Andar de mãos dadas com a criança durante os passeios é sempre recomendável. Evite também aglomerações. Desta forma, não é possível perdê-la de vista.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.