Polícia | Santa Inês

Principal acusado de atirar e matar duas crianças continua solto

A polícia informou que Danilo Cutrim foi o autor dos disparos, enquanto Leandro Santos teria conduzido o veículo utilizado na ação criminosa e Lailton Santos forneceu as munições
25/10/2018

SÃO LUÍS - A polícia, até a noite de ontem, não tinha efetuado a prisão de Danilo Cutrim Lima, de 28 anos. Ele é acusado de ter efetuado os tiros em plena praça Evaldo Cardoso, na Vila Adelaide Cabral, em Santa Inês, que resultou na morte de Jhonnyel Ribeiro Rodrigues, de 7 anos; e Victor Gabriel Rodrigues Barros Coelho, de 8 anos, como ainda deixou um adolescente, de 17 anos, baleado na mão, na noite da última segunda-feira. O alvo dessa ação criminosa era o ex-presidiário Raimundo Wallyson Sousa Félix, Gordinho, de 19 anos.
O caso está sendo investigado pela equipe da Delegacia Regional de Santa Inês, coordenado pelo delegado Éderson Martins. Ele declarou que as buscas continuam sendo realizadas.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte