Esporte | Homenagem

Jardel recebe carinho de torcedores e de ex-jogador do Grêmio

Muito assediado pelos torcedores gremistas na capital, o ídolo foi reverenciado em almoço, que contou ainda com a presença ilustre do também ex-jogador do Tricolor Gaúcho, Caio Carioca
13/08/2018
Jardel recebe carinho de torcedores e de ex-jogador do GrêmioJardel foi homenageado por torcedores do Grêmio-RS em São Luís (Paulo Soares)

São Luís - O Consulado do Grêmio em São Luís do Maranhão prestou homenagem ao ex-atacante do time gaúcho, Jardel, na tarde do sábado (11), na Churrascaria Passo Fundo, na Lagoa da Jansen. O ídolo do Tricolor Gaúcho veio ao Maranhão inaugurar uma Escolinha do Grêmio, em Lago da Pedra, e os torcedores aproveitaram para o homenageá-lo em um almoço, que contou com a presença ilustre de outro ídolo do clube, Caio Carioca, que foi campeão do mundo com o time do Rio Grande do Sul.

Muito simpático, Jardel parou para tirar foto com todos e dar autógrafos e ficou emocionado com a homenagem. “É algo muito gratificante receber esse tipo de homenagem, que mostra o carinho que o torcedor do Grêmio tem por mim e outros jogadores, como o Renato Gaúcho, o Paulo Nunes, entre outros. Gostei muito de São Luís e com certeza vou voltar mais vezes aqui”, comentou.
Jardel veio ao Maranhão para o lançamento de uma escolinha do Grêmio em Lago da Pedra. “É um prazer enorme fazer parte deste projeto do Grêmio, que descobre novos talentos para o esporte. Já levei um jogador daqui para o Grêmio, o Dudu, e do Grêmio levei um atleta para o exterior. Quero que o clube invista mais nesse projeto, criando mais escolinhas no Maranhão e em outros estados do Norte e Nordeste”, explicou.

Mário Jardel Almeida Ribeiro, conhecido como Jardel, 44 anos, ficou famoso pelos seus gols de cabeça. É ídolo no Grêmio, onde foi campeão e artilheiro da Copa Libertadores da América de 1995. Com a camisa do Tricolor Gaúcho ele fez 81 gols em 91 jogos.


Um dos organizadores da homenagem a Jardel, Alexandre Falcão, explicou o motivo da honraria. “O Jardel fez gol na final da Libertadores de1995 e é um grande ídolo para todos nós, assim como o Caio, que também fez gols na final da Libertadores de 1983 e ainda foi campeão do mundo. O Consulado do Grêmio é uma espécie de embaixada do clube ”, finalizou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte