Esporte | Novo comandante

Santos recebe ‘não’ de Osorio e acerta com o técnico Cuca

Cuca, que está está desempregado desde a saída do Palmeiras, deve chegar à Baixada Santista nesta terça-feira
Gazetapress30/07/2018 às 16h26
Santos recebe ‘não’ de Osorio e acerta com o técnico CucaCuca deixou o comando do Palmeiras em 2017 (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Santos - Depois de ficar perto de Zé Ricardo, tentar e não conseguir Juan Carlos Osorio nesta segunda-feira, e cogitar Dorival Júnior, Vanderlei Luxemburgo e Roger Machado, o Santos acertou com Cuca como substituto de Jair Ventura. A informação foi inicialmente publicada pelo UOL.

Cuca está em Curitiba e deve chegar à Baixada Santista nesta terça-feira. Ainda não há a definição sobre comandar o Peixe contra o Cruzeiro, quarta, na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O técnico interino é o auxiliar Serginho Chulapa.

Cuca está desempregado desde a saída do Palmeiras, em 2017. O contrato com o treinador de 55 anos, campeão da Libertadores pelo Atlético-MG e brasileiro pelo Verdão, deve ser até dezembro de 2019.

Cuca teve uma passagem rápida e que não deixou saudade no Santos em 2008. Como jogador, o atacante atuou pelo Peixe em 1993.

Derlis González x Vitor Bueno - O Santos pode dar um episódio final à “novela” Derlis González nas próximas horas. A negociação pelo empréstimo do atacante paraguaio junto ao Dínamo de Kiev-UCR se arrasta há algumas semanas.

Em entrevista à Gazeta Press, Derlis confirmou que será reforço do Peixe. O clube, porém, não dá o negócio como certo. As tratativas estiveram perto do fim depois de um atrito entre os envolvidos. O atleta afirmou que o alvinegro não cumpriu com o acordo verbal. E a resposta foi uma reclamação sobre as exigências feitas, como carro, casa, passagens de luxo, etc.

Derlis González tem a seu favor a situação de Vitor Bueno. O meia está na Ucrânia há 11 dias, sem treinar, à espera de um desfecho para a situação. O caminho mais fácil é a troca ser confirmada, já que o Santos cobrou 500 mil euros (R$ 2,1 milhões) pelo empréstimo sem Derlis, com valor de compra fixado em 10 milhões de euros (R$ 43,2 mi), e o Dínamo faz jogo duro.

A prioridade do Dínamo de Kiev é liberar o paraguaio ao Santos para contar com Vitor Bueno. Por esse motivo a proposta do Olímpia-PAR foi recusada e a janela do país se encerrou na última sexta-feira. O atacante foi oferecido a alguns clubes recentemente, como Flamengo, Grêmio e Internacional, sem sucesso.

Caso Derlis González realmente seja contratado, o Santos terá seu terceiro reforço estrangeiro para o segundo semestre. Bryan Ruiz e Carlos Sánchez já foram apresentados. Há ainda a procura por meio-campista defensivo e, principalmente, um centroavante.

Derlis tem 24 anos, 1,72m de altura e é polivalente. No Dínamo, jogou aberto pela esquerda. Na seleção do Paraguai, o atacante é utilizado pela direita. E as funções de meia e segundo atacantes já foram desempenhadas. Ele foi revelado pelo Rubio Ñu e passou pelo Benfica B, Guarani, Olimpia e Basel. O atacante tem contrato até junho de 2020.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte