Cidades | Direito seu

Mutirão realiza agendamentos para retirada de kits digitais

Ação gratuita vem sendo realizada pelo Seja Digital em bairros de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa; objetivo é atender pessoas que não conseguiram agendar pelo 147 e pouco esclarecidas dos seus direitos
Daniel Júnior 17/02/2018

SÃO LUÍS - Em vista à distribuição de kits digitais gratuitos para a migração do sinal analógico de TV para o digital em São Luís e mais nove cidades do Maranhão, o Seja Digital, realizou, ontem, um mutirão de agendamentos de pessoas beneficiárias de programas assistenciais do Governo Federal, que têm o direito de receber o equipamento. A ação ocorreu, ontem, na Associação das Donas de Casa da Salina do Sacavém, na capital maranhense, e acontecerá em outros diversos bairros da Grande Ilha. Para fazer o agendamento, os interessados devem levar o número do NIS, Número de Identificação Social.

De acordo com Amarilis Cardoso, representante do Instituto Formação, entidade contratada pelo Seja Digital para organizar os mutirões em bairros de São Luís e da Grande Ilha, a ação tem o objetivo de oferecer um suporte às pessoas que ainda não conseguiram fazer o agendamento por meio do telefone 147 e do site sejadigital.com.br. “Tem pessoas que não possuem celular e são pouco esclarecidas de seus direitos e, por isso, oferecemos, por meio desses mutirões, suporte e informa­ções necessárias. Aqui, essas pessoas conseguem agendar o dia para obter o kit. Lembrando que a retirada é nos Correios do bairro São Cristóvão ou Cohama”, explicou.

O pedreiro Jackson Sousa, de 47 anos, estava satisfeito com o atendimento que recebeu no mutirão. “Essa ação é muito importante, porque eu tentei fazer o agendamento por telefone, mas me atrapalhei e não consegui. O atendimento aqui foi rápido, e os atendentes tiram as nossas dúvidas. Gostei muito”, relatou Sousa.

De acordo com o Seja Digital, 150 mil kits gratuitos digital foram distribuídos às famílias de menor renda de São Luís atendidas por programas do Governo Federal. A distribuição do kit, que conta com antena digital e conversor com controle remoto, é de responsabilidade do Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos, criada por determinação da Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel) para operacionalizar a migração do sinal analógico de TV para o digital.

SAIBA MAIS

O sinal analógico de TV será desligado no dia 28 de março de 2018 em São Luís e em cidades da Região Metropolitana e interior do estado, como São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa, São Bento, Rosário, Icatu, Alcântara, Bacabeira e Bacurituba. Após essa data, os canais de TV abertos passarão a transmitir a programação exclusivamente pelo sinal digital. Os demais municípios terão o sinal analógico desligado de acordo com um cronograma até 2023. Em Imperatriz o desligamento ocorrerá no final de 2018. Ao todo, 275 mil kits gratuitos com antena digital, conversor e controle remoto serão distribuídos para famílias de baixa renda atendidas por programas do Governo Federal.

Programas da União:

Bolsa Família, Pronatec, Tarifa Social de Energia Elétrica, Minha Casa, Minha Vida; Carteira do Idoso, Aposentadoria para pessoas de baixa renda, Telefone Popular, Isenção de pagamento de taxa de inscrição em Concursos Públicos, Programa Cisternas, Água para todos, Bolsa Verde, Bolsa Estiagem, Carta Social, Serviços Assistenciais, Programa Brasil Alfabetizado, entre outros.

Entenda:

A migração do sinal analógico de TV para o sinal digital é um grande avanço tecnológico e coloca o Brasil no mesmo patamar de países como Estados Unidos e Reino Unido. “Ao ser desligado, o sinal analógico de TV vai liberar a faixa de radiofrequência dos 700MHz e permitir que as operadoras de telefonia móvel possam ativar a tecnologia 4G, que é mais veloz e tem melhor qualidade”, afirmou Antônio Carlos Martelletto, presidente da Seja Digital.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte