Alagamento

Após obra de calçadão, orla do Araçagi fica alagada

Quem trabalha na área acredita que a drenagem não tenha sido executada corretamente e por isso qualquer volume de chuva deixa a via cheia de água

Robert W. Valporto / O Estado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h33
Via ficou alagada após chuva que ocorreu durante a madrugada, na Ilha
Via ficou alagada após chuva que ocorreu durante a madrugada, na Ilha (Araçagi)

Intrafegável. Assim está sendo considerada a orla do Araçagi, que ficou alagada após as chuvas que atingiram a Ilha durante a madruga de ontem. Trabalhadores daquela área reclamam da falta de drenagem na via, que foi recentemente alvo de obras do Governo do Estado.

O problema tem afetado o comércio local, assim como os banhistas que não podem deixar os carros na via por risco de que seus veículos sejam danificados com o alagamento.

O empresário Pedro Augusto Araújo disse que é muito complicado passar por essas situações. “Infelizmente, ainda convivemos com esse tipo de atitude. Temos que cobrar para que nossos impostos sejam aplicados com um mínimo de respeito. Acredito que os órgãos gestores desse projeto venham tomar as devidas providências, para que as correções sejam executadas”, relatou.

Pedro Araújo disse ainda que com qualquer chuva já fica assim. “A drenagem não foi executada corretamente. Qualquer volume de chuva deixa assim. Vou à Promotoria de Probidade Administrativa fazer uma reclamação formal sobre o problema. Nosso imposto está indo pelo ralo. Até as proteções da ciclovia foram arrancadas”, declarou.

O Estado entrou em contato com a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) para saber se houve algum erro no projeto recentemente desenvolvido naquela orla e quais as medidas estão sendo tomadas para solução do problema. Até o fechamento desta edição, a Sinfra não retornou os contatos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.